ESTIAGEM E ALTERAÇÕES DAS FUNÇÕES HIDROLÓGICAS: O CASO DO RESERVATÓRIO DE ATIBAINHA

Autores

  • Vania Rosa Pereira
  • José Teixeira Filho

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2011.74239

Palavras-chave:

Desmatamneto, Reflorestamento, Impacto ambiental, Periodo de estiagem.

Resumo

 

Este artigo é um resultado de pesquisa, e tem como objetivo identificar a relação entre o uso do solo e o rendimento de água. A área de estudo é a bacia hidrográfica de Atibainha (140km2) que, juntamente com mais 3 bacias hidrográficas, abastece cerca de 13 milhões de pessoas na cidade de São Paulo e Campinas. Os mapas de uso da terra foram obtidos a partir de 1988, 1993, 1996, 2001 e 2008 de acordo com a classificação de cenas Landsat. A análise hidrológica foi derivada de 30, 45, 60 e 75 fluxos diários de vazão mínima absoluta, juntamente à precipitação total de água durante os anos de 1986 e 2007. Análises de regressão linear e dados estatísticas não-paramétricos foram utilizados para identificar as mudanças temporais no desempenho e tendência de precipitação. Os resultados indicaram que a mataatlântica secundária diminui a queda de 38% para 21% e o arborização com Eucalyptus urophylla aumentou de 24% para 43%. O total de precipitação anual mostrou uma tendência de queda significativa(p <0,001). Durante o mesmo período, a descarga seca diária apresentou uma tendência de declínio naimportância de 30, 45, 60 e 75 dias secos consecutivos, apresentando um decréscimo de 61%, 56%, 55% e 60%, respectivamente (p <0,001). Os resultados indicam que existe uma tendência de queda derendimento de água durante a estação seca na bacia do Atibainha e isso está diretamente relacionado com a diminuição dos processos de precipitação. 

 


Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vania Rosa Pereira

Instituto de Geociências, Departmento de Geografia da UNICAMP.

José Teixeira Filho

Faculdade de Engenharia Agrícola. Departamento de água e solos.

Downloads

Publicado

2011-04-30

Como Citar

PEREIRA, V. R.; FILHO, J. T. ESTIAGEM E ALTERAÇÕES DAS FUNÇÕES HIDROLÓGICAS: O CASO DO RESERVATÓRIO DE ATIBAINHA. GEOUSP Espaço e Tempo (Online), [S. l.], v. 15, n. 3, p. 160-171, 2011. DOI: 10.11606/issn.2179-0892.geousp.2011.74239. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/geousp/article/view/74239. Acesso em: 29 jul. 2021.

Edição

Seção

Artigos