DO COMPARATISMO EM GEOGRAFIA: UMA LEITURA A PARTIR DOS MODELOS DE ESTADO FRANCÊS E BRASILEIRO.

Autores

  • Juliana Nunes Rodrigues Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2012.74257

Palavras-chave:

Descentralização, Cooperação, Municípios, Território, Comparação.

Resumo

Este trabalho busca ressaltar a importância do método comparativo em Geografia, através de um estudo sobre os processos de descentralização e de difusão de estruturas de cooperação intermunicipal na França e no Brasil. Interroga-se sobre os bloqueios e os avanços realizados em matéria de territorialização de políticas públicas locais em cada um desses dois modelos de Estado: o modelo unitário e descentralizado francês e o modelo federal brasileiro. Ao confrontarmos essas duas realidades, mostramos como a descentralização e as experiências em cooperação intermunicipal se concretizam nos dois modelos de Estados. Tais constatações reforçam a importância da comparação no campo da Geografia Política para melhor compreender os desdobramentos espaciais das políticas públicas em modelos de Estado distintos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Juliana Nunes Rodrigues, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Doutora em Geografia pela Université Jean Moulin Lyon 3, França. Bolsista de Pos-doutorado Junior do CNPq e integrante do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Politica e Territorio (GEOPPOL-UFRJ) desde o ano de 2000.

Downloads

Publicado

2012-08-30

Como Citar

RODRIGUES, J. N. DO COMPARATISMO EM GEOGRAFIA: UMA LEITURA A PARTIR DOS MODELOS DE ESTADO FRANCÊS E BRASILEIRO. GEOUSP Espaço e Tempo (Online), [S. l.], v. 16, n. 2, p. 119-130, 2012. DOI: 10.11606/issn.2179-0892.geousp.2012.74257. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/geousp/article/view/74257. Acesso em: 19 jan. 2021.

Edição

Seção

Artigos