CONCEITOS E ENFOQUES DOMINANTES NA GESTÃO HÍDRICA DO OASIS NORTE DA PROVÍNCIA DE MENDOZA - ARGENTINA

  • Virgínia Grosso
Palavras-chave: Escasez de agua, Zonas áridas, Apropiación del agua, Desigualdad, Impactos territoriales

Resumo

 Mendoza, província árida do centro-oeste da República Argentina, viveu nos últimos tempos o aprofundamento do debate sobre a problemática da escassez de água. Este trabalho tem por objetivo aproximar-se das respostas às seguintes perguntas: quais fatores construíram e contróem a denominada escassez hídrica na província? Eles se apresentam de maneira homogênea em todo o território de Mendonça? Para abordá-las, inicialmente se analisam e correlacionam os aportes teóricos da nova economia e cultura da água e da teoria população-recursos em torno da noção de escassez. Em segundo lugar, se identificaram as problemáticas hídricas (de apropriação, gestão e uso) que se observam ao longo da bacia do rio Mendoza.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-08-30
Como Citar
Grosso, V. (2012). CONCEITOS E ENFOQUES DOMINANTES NA GESTÃO HÍDRICA DO OASIS NORTE DA PROVÍNCIA DE MENDOZA - ARGENTINA. GEOUSP: Espaço E Tempo (Online), (31), 79-92. https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2012.74271