CABO FRIO - UM ENCLAVE SEMIÁRIDO NO LITORAL ÚMIDO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO: RESPOSTAS DO CLIMA ATUAL E DA VEGETAÇÃO PRETÉRITA

  • Heloisa Helena Gomes Coe Universidade do Estado do Rio de Janeiro
  • Cacilda Nascimento de Carvalho Universidade Federal Fluminense
Palavras-chave: Cabo Frio, Enclave fitogeográfico, Ressurgência, Análises multivariadas, Fitólitos

Resumo

Localizada na costa NE do Estado do Rio de Janeiro, Brasil, a região de Cabo Frio tem sido considerada um “enclave” fitogeográfico, com um clima mais seco que o restante do litoral fluminense, reduto de vegetação semelhante à caatinga, dominada por florestas xeromórficas, Cactaceae e Bromeliaceae. Objetivando contribuir para esta discussão de modo singular, este trabalho faz análises multivariadas de similaridade de variáveis do clima atual, comparando Cabo Frio com seu entorno mais úmido e com a caatinga do Nordeste brasileiro, e estuda possíveis variações da paleovegetação na região, utilizando como indicadores os fitólitos. Conclui-se que o clima de Cabo Frio se assemelha mais à caatinga que ao seu entorno, e que a vegetação, desde 13.000 anos cal AP, foi sempre de tipo pouco arbórea.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Heloisa Helena Gomes Coe, Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Professora Adjunta do Departamento de Geografia da Faculdade de Formação de Professores da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)
Cacilda Nascimento de Carvalho, Universidade Federal Fluminense
Professora Adjunta aposentada do Departamento de Geoquímica da Universidade Federal Fluminense (UFF)
Publicado
2013-04-30
Como Citar
Coe, H. H., & Carvalho, C. (2013). CABO FRIO - UM ENCLAVE SEMIÁRIDO NO LITORAL ÚMIDO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO: RESPOSTAS DO CLIMA ATUAL E DA VEGETAÇÃO PRETÉRITA. GEOUSP Espaço E Tempo (Online), (33), 136-152. https://doi.org/10.11606/issn.2179-0892.geousp.2013.74307
Seção
Artigos