[1]
M. Ornat e J. Silva, “Território Descontínuo Paradoxal, Movimento LGBT, Prostituição e Cafetinagem no Sul do Brasi”l, GEOUSP (Online), vol. 18, nº 1, p. 113-128, abr. 2014.