O desenvolvimento de elementos de proteção de fachada responsivos – exploração e controle de um processo

Autores

  • Carlos Eduardo Verzola Vaz Universidade Federal de Santa Catarina
  • Joana Pack Melo Sousa
  • Hugo Rodrigues de Souza Pinto Universidade Federal de Pernambuco
  • Adriano Rodrigo Barreto Cardoso Universidade Federal de Pernambuco
  • Natalia Queiroz Universidade Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.11606/gtp.v11i2.118346

Palavras-chave:

roteção de fachadas, Cobogó, arquitetura responsiva.

Resumo

Este artigo tem como objetivo apresentar um processo exploratório de pesquisa para a integração de ferramentas e técnicas visando a criação de elementos de proteção de fachada. Como será visto neste documento, o cobogó foi utilizado como referência para o desenvolvimento de um protótipo físico funcional. Este elemento foi criado por dois comerciantes e um engenheiro radicados no Recife no início do século XX — Coimbra, Boeckmann e Góes. O Cobogó apresenta como características básicas o modo de produção seriado, a capacidade de proteger ambientes internos da luz direta do sol e de promover a adequada ventilação destes espaços, a possibilidade de, mesmo sendo um elemento vazado, permitir a sensação de privacidade e, além disso, funcionar como um elemento compositivo na fachada das edificações. O trabalho irá apresentar as diferentes etapas da pesquisa que envolveram, a coleta de dados sobre o uso do Cobogó na cidade do Recife, o processo de desenvolvimento de um conceito geométrico, a elaboração dos diferentes protótipos físicos e digitais e as demais metodologias e softwares utilizados no processo de trabalho. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Eduardo Verzola Vaz, Universidade Federal de Santa Catarina

Graduado em Arquitetura e Urbanismo pela FAU-USP. Mestre em Engenharia Civil pela Universidade de Campinas. Doutorando pela mesma instituição.

Joana Pack Melo Sousa

Arquiteta urbanista formada pela Universidade Técnica de Lisboa com metrado em desenvolvimento urbano na Universidade Federal de Pernambuco

Hugo Rodrigues de Souza Pinto, Universidade Federal de Pernambuco

Estudante de arquitetura e urbanismo.

Adriano Rodrigo Barreto Cardoso, Universidade Federal de Pernambuco

Estudante de arquitetura e urbanismo.

Natalia Queiroz, Universidade Federal da Paraíba

Arquiteta e Urbanista pela UFRN. Atuou em pesquisas sobre simulação de ventilação natural no ambiente construído com CFD, Regulamentação de eficiência energética, diretrizes de eficiência energética para edificações e projetos arquitetônicos sustentáveis. Profissionalmente, trabalhou na COELBA no setor de Eficiência Energética com projetos regulamentados pela Aneel e com a etiqueta para edificações do Procel. 

Downloads

Publicado

2016-11-08

Como Citar

Vaz, C. E. V., Sousa, J. P. M., Pinto, H. R. de S., Cardoso, A. R. B., & Queiroz, N. (2016). O desenvolvimento de elementos de proteção de fachada responsivos – exploração e controle de um processo. Gestão & Tecnologia De Projetos, 11(2), 73-87. https://doi.org/10.11606/gtp.v11i2.118346