O desenvolvimento de elementos de proteção de fachada responsivos – exploração e controle de um processo

Autores

  • Carlos Eduardo Verzola Vaz Universidade Federal de Santa Catarina
  • Joana Pack Melo Sousa
  • Hugo Rodrigues de Souza Pinto Universidade Federal de Pernambuco
  • Adriano Rodrigo Barreto Cardoso Universidade Federal de Pernambuco
  • Natalia Queiroz Universidade Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.11606/gtp.v11i2.118346

Palavras-chave:

roteção de fachadas, Cobogó, arquitetura responsiva.

Resumo

Este artigo tem como objetivo apresentar um processo exploratório de pesquisa para a integração de ferramentas e técnicas visando a criação de elementos de proteção de fachada. Como será visto neste documento, o cobogó foi utilizado como referência para o desenvolvimento de um protótipo físico funcional. Este elemento foi criado por dois comerciantes e um engenheiro radicados no Recife no início do século XX — Coimbra, Boeckmann e Góes. O Cobogó apresenta como características básicas o modo de produção seriado, a capacidade de proteger ambientes internos da luz direta do sol e de promover a adequada ventilação destes espaços, a possibilidade de, mesmo sendo um elemento vazado, permitir a sensação de privacidade e, além disso, funcionar como um elemento compositivo na fachada das edificações. O trabalho irá apresentar as diferentes etapas da pesquisa que envolveram, a coleta de dados sobre o uso do Cobogó na cidade do Recife, o processo de desenvolvimento de um conceito geométrico, a elaboração dos diferentes protótipos físicos e digitais e as demais metodologias e softwares utilizados no processo de trabalho. 

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Carlos Eduardo Verzola Vaz, Universidade Federal de Santa Catarina
    Graduado em Arquitetura e Urbanismo pela FAU-USP. Mestre em Engenharia Civil pela Universidade de Campinas. Doutorando pela mesma instituição.
  • Joana Pack Melo Sousa
    Arquiteta urbanista formada pela Universidade Técnica de Lisboa com metrado em desenvolvimento urbano na Universidade Federal de Pernambuco
  • Hugo Rodrigues de Souza Pinto, Universidade Federal de Pernambuco
    Estudante de arquitetura e urbanismo.
  • Adriano Rodrigo Barreto Cardoso, Universidade Federal de Pernambuco
    Estudante de arquitetura e urbanismo.
  • Natalia Queiroz, Universidade Federal da Paraíba
    Arquiteta e Urbanista pela UFRN. Atuou em pesquisas sobre simulação de ventilação natural no ambiente construído com CFD, Regulamentação de eficiência energética, diretrizes de eficiência energética para edificações e projetos arquitetônicos sustentáveis. Profissionalmente, trabalhou na COELBA no setor de Eficiência Energética com projetos regulamentados pela Aneel e com a etiqueta para edificações do Procel. 

Downloads

Publicado

2016-11-08

Como Citar

VAZ, Carlos Eduardo Verzola; SOUSA, Joana Pack Melo; PINTO, Hugo Rodrigues de Souza; CARDOSO, Adriano Rodrigo Barreto; QUEIROZ, Natalia. O desenvolvimento de elementos de proteção de fachada responsivos – exploração e controle de um processo. Gestão & Tecnologia de Projetos, São Carlos, v. 11, n. 2, p. 73–87, 2016. DOI: 10.11606/gtp.v11i2.118346. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/gestaodeprojetos/article/view/118346.. Acesso em: 15 abr. 2024.