Ateliê digital integrado: segundo ano da experiência de ensino de projeto arquitetônico mediado por computador

Autores

  • Sergio Dias Maciel Universidade do Estado do Mato Grosso
  • Arivaldo Leão de Amorim Universidade Federal da Bahia
  • Érica de Souza Checcucci Universidade Federal da Bahia
  • Kyane Bomfim Santos Universidade Federal da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.11606/gtp.v16i1.163235

Palavras-chave:

Ensino de projeto., Ensino de projeto em ambiente digital, Projeto de arquitetura, CAD, Modelagem geométrica, Metodologia ativa de ensino-aprendizagem

Resumo

Esse artigo apresenta e discute os resultados alcançados no ano 2017 por alunos do Curso de Graduação em Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal da Bahia, nas disciplinas Ateliê I (com alunos ingressantes) e Ateliê II (com alunos de segundo ano), que foram ministradas simultaneamente, compondo a disciplina Ateliê Digital Integrado. Esta atividade é desdobramento do Ateliê Digital (ARQ 016), realizado em 2016, quando foi ofertada a primeira turma desta disciplina para alunos de primeiro ano do curso tendo sido obtidos resultados muito signifi cativos. A proposta pedagógica desenvolvida partiu do pressuposto que o ensino da projetação arquitetônica em ambiente digital pode ser vantajoso desde as séries iniciais, e nesse caso, a oferta das duas turmas de Ateliê Digital (2016 e 2017) adotou a ampla utilização do computador como principal recurso para as pesquisas, desenvolvimento das atividades e a apresentação dos projetos. A metodologia de ensino-aprendizagem ativa buscou estimular o desenvolvimento da criatividade e a independência nos estudantes. Como resultado, foi verificado que o uso do computador potencializou a projetação, fazendo com que houvesse um tempo maior dedicado à discussão sobre a solução do problema arquitetônico, favorecendo o ensino e a aprendizagem. Ao final do Ateliê Digital Integrado (2017), os alunos demonstraram amadurecimento e autonomia na projetação, com propostas bem fundamentadas e bem desenvolvidas. O nível de desenvolvimento dos exercícios projetuais e a representação técnica foi compatível com as exigências do Ateliê I (estudo preliminar) e do Ateliê II (anteprojeto), sem quaisquer prejuízos à exploração da forma ou da criatividade. Este artigo apresenta os resultados, bem como questões relacionadas à operacionalização da atividade, integrando turmas de anos diferentes; discute algumas dificuldades encontradas no processo e como foram superadas, dentre outros aspectos. Com a discussão sobre esta prática inovadora e bem-sucedida, espera-se contribuir para acelerar a adoção de ferramentas computacionais no ensino de projeto em cursos de graduação em Arquitetura e Urbanismo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sergio Dias Maciel, Universidade do Estado do Mato Grosso

Professor da Unemat, área de projetos e informática aplicada à arquitetura. Doutorando em urbanismo na Universidade Federal da Bahia

Arivaldo Leão de Amorim, Universidade Federal da Bahia

Arivaldo Leão de Amorim, professor titular da Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia (FAUFBA) e pesquisador no Laboratório de estudos avançados em Cidade, Arquitetura e tecnologias Digitais (LCAD).

Érica de Souza Checcucci, Universidade Federal da Bahia

Érica de Sousa Checcucci, professora adjunto da Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia (FAUFBA) e pesquisadora no Laboratório de estudos avançados em Cidade, Arquitetura e tecnologias Digitais (LCAD).

Kyane Bomfim Santos, Universidade Federal da Bahia

Kyane Bomfim Santos, mestranda no Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo (PPG-AU), da Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia (FAUFBA).

Referências

ANDRADE, M. L. V. X. Computação gráfica tridimensional e ensino de arquitetura: uma experiência pedagógica. CONGRESSO INTERNACIONAL DE ENGENHARIA GRÁFICA NAS ARTES E NO DESENHO, 7., 2007, Curitiba. Anais... Curitiba: UFPR, 2007. 1 CD-ROM.

BARISON, M. B. Introdução de modelagem da informação da construção (BIM) no currículo: uma contribuição para a formação do projetista. 2015. 387 p. Tese (Doutorado em Engenharia de Construção Civil) – Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015.

BATISTELLO, P.; BALZAN, K. L.; PEREIRA, A. T. C. Integração no ensino de arquitetura e urbanismo: experiências com ateliês verticais. Revista Projetar. Natal, v. 1; n. 3; p. 47-59; 2016. Disponível em: https://periodicos.ufrn.br/revprojetar/article/view/16612. Acesso em: 9 jan. 2020.

CAMARGO, F.; DAROS, T. A sala de aula inovadora: estratégias pedagógicas para fomentar o aprendizado ativo. Porto Alegre: Penso, 2018.

BROADBENT, G. Diseño arquitectónico. Arquitectura y Ciencias Humanas. Barcelona: Gustavo Gili, 1973.

EDWARDS, B. Desenhando com o lado direito do cérebro. Rio de Janeiro: Ediouro, 2005.

FLORIO, W. Contribuições do building information modeling no processo de projeto em arquitetura. ENCONTRO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NA CONSTRUÇÃO CIVIL, 3., 2007, Porto Alegre. Anais... Porto Alegre: ANTAC, 2007. 1 CD-ROM.

FLORIO, W. Notas sobre pensamento e cognição em projetos paramétricos. ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO, 2., 2012, Natal. Anais... Natal: ANPARQ, 2012. 1 CD-ROM.

GEBRAN, M. P. Tecnologias educacionais. Curitiba: IESDE Brasil, 2009.

KIM, J. Use of BIM for e3 ective visualization teaching approach in construction education. Journal of professional issues in engineering education and practice. ASCE, v. 138, n. 3, p. 214-223, 2012. Disponível em: http://www.ascelibrary.org. Acesso em: 10 mar. 2013.

KOWALTOWSKI, D. et al. Reflexão sobre metodologias de projeto arquitetônico. Ambiente Construído, v. 6, n. 2, Porto Alegre, 2006. p. 7-19. Disponível em: http://seer.ufrgs.br. Acesso em: 15 dez. 2016.

LAWSON, B. CAD na arquitetura: a história até agora. Revista Graf&Tec, n. 6, p. 31-58, 1999.

LAWSON, B. Como arquitetos e designers pensam. Tradução de Maria Beatriz Medina. São Paulo: Ofi cina de Textos, 2011.

MACIEL, S. D. Ensino de projeto em ambiente digital: aspectos pedagógicos, tecnológicos e cognitivos. 2019. 346 f. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) – Faculdade de Arquitetura, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2019.

MACIEL, S. D.; AMORIM, A. L.; CHECCUCCI, E. S. Ensino de projeto de arquitetura em ambiente digital: uma experiência na Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia. Gestão & Tecnologia de Projetos, São Carlos, v. 13, n. 1 p. 21-38, 2018. DOI: http://dx.doi.org/10.11606/gtp.v13i1.133839

MALARD, M. L. Alguns problemas de projeto ou de ensino de arquitetura. In: LARA, F.; MARQUES, S. (org.). Cinco textos sobre arquitetura. Belo Horizonte: UFMG, 2005. p. 80-114.

MALARD, M. L. O futuro do projeto em arquitetura e urbanismo: ensino e pesquisa. In: CAMPOMORI, M. (org.) Aprender fazendo: ensaios sobre o ensino de projetos. Belo Horizonte: Escola de Arquitetura da UFMG, 2018.

MAHFUZ, E. C. Ensaio sobre a razão compositiva. Viçosa: UFV; Belo Horizonte: AP Cultural, 1995.

MAHFUZ, E. C. Reflexões sobre a construção da forma pertinente. In: LARA, F.; MARQUES, S. (org.). Desafi os da pesquisa e do ensino de projeto. Rio de janeiro: Editora Virtual Científi ca, 2003.

MITCHELL, W. J. A lógica da arquitetura. Tradução de Gabriela Celani. Campinas: Unicamp, 2010.

MORAN, J. Metodologias ativas para uma aprendizagem mais profunda. Disponível em: http://www2.eca.usp.br/moran/wp-content/uploads/2013/12/metodologias_moran1.pdf. Acesso em: 6 jan. 2020.

NARDELLI, E. S. Arquitetura e projeto na era digital. Arquitetura Revista, Porto Alegre, v. 3, n. 1, p. 28-36, 2007. Disponível em: https://goo.gl/TdKmDM. Acesso em: 9 jan. 2018.

NEVES, L. P. Adoção do partido na arquitetura. Salvador: EDUFBA, 1998.

OXMAN, R. Digital architecture as a challenge for design pedagogy: theory, knowledge, models and medium. Design studies, Amsterdam, v. 9, n. 2, p. 99-120, 2008. Disponível em: https://goo.gl/ Z6RNPh. Acesso em: 9 jan. 2018.

ROWE, P. G. Design thinking. Massachusetts: MIT Press, 1991.

SCHON, D. A. Educando o profissional reflexivo: um novo design para o ensino e a aprendizagem. Tradução de Roberto Cataldo Costa. Porto Alegre: Artmed, 2000.

SILVA, E. Uma introdução ao projeto arquitetônico. Porto Alegre: UFRGS, 1998.

SILVA, E. Novos e velhos conceitos no Ensino de Projeto Arquitetônico. In:

LARA, F.; MARQUES, S. (org.). Desafios da pesquisa e do ensino de projeto. Rio de janeiro: Editora Virtual Científica, 2003.

VOORDT, T. J. M.; WEGEN, H. B. R. Arquitetura sob o olhar do usuário: programa de necessidades, projeto e avaliação de edificações. Tradução de Maria Beatriz de Medina. São Paulo: Oficina de Textos, 2013.

Downloads

Publicado

2020-12-30

Como Citar

Maciel, S. D., Amorim, A. L. de, Checcucci, Érica de S., & Santos, K. B. (2020). Ateliê digital integrado: segundo ano da experiência de ensino de projeto arquitetônico mediado por computador. Gestão & Tecnologia De Projetos, 16(1), 60-79. https://doi.org/10.11606/gtp.v16i1.163235