Sustentabilidade ambiental no processo de projeto: avaliação de percepção dos arquitetos - o caso da Grande Vitória (ES)

Autores

Palavras-chave:

Sustentabilidade Ambiental, Arquitetos, Conhecimento, Aplicação

Resumo

Este artigo tem como objetivo apresentar os resultados de uma pesquisa que buscou caracterizar os arquitetos atuantes na Região Metropolitana da Grande Vitória (RMGV) conforme sua percepção e aplicação de conceitos e tecnologias ligados à sustentabilidade ambiental. Esta pesquisa buscou ainda, encontrar os principais desafios enfrentados por estes profissionais quanto ao tema, motivos para adotar tais medidas e seus perfis diante do processo de desenvolvimento sustentável, abordando a temática sob uma perspectiva que ainda não havia sido explorada na região, pois a maioria das pesquisas debate o assunto na fase de execução e uso da edificação e raramente abordam a etapa projetual. Este estudo baseou-se no referencial bibliográfico sobre sustentabilidade ambiental na Indústria da Construção Civil e em dados coletados a partir da aplicação de um questionário em uma amostra de 174 arquitetos ativos na RMGV, abordando e discutindo a temática do desenvolvimento sustentável ambiental a partir destes resultados. Os respondentes foram classificados em dois grupos, sendo eles os profissionais atuantes no mercado (G1) e os atuantes na área acadêmica (G2). Os dados obtidos sugerem que o grupo G2 demonstra maior conhecimento e conscientização acerca do tema, tendo em vista que suas respostas geralmente apontam para a priorização do desempenho da edificação, em comparação com o grupo G1, que indicou um exercício profissional mais voltado para as tendências impostas pelo mercado. Os principais desafios relatados pelos respondentes foram: baixa disponibilidade no mercado; elevado custo dos materiais e tecnologias consideradas sustentáveis; e baixa demanda de clientes que peçam ou aceitem tais métodos.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mariana Ferreira Nascimento, Faculdade do Centro Leste

Graduanda em Arquitetura e Urbanismo.

Amanda Rocha Firmino da Silva, Faculdade do Centro Leste

Graduanda em Arquitetura e Urbanismo.

Aline Silva Sauer, Faculdade do Centro Leste

Docente, Arquiteta e Urbanista, Mestre em Engenharia Civil.

Sandra Moscon Coutinho, Universidade Federal do Espírito Santo

Docente, Arquiteta e Urbanista, Mestre em Engenharia Civil. 

Mariana Cardoso Pereira, Faculdade Brasileira

Graduanda em Arquitetura e Urbanismo.

Gabriela da Silva Maioli, Faculdade Brasileira

Graduanda em Arquitetura e Urbanismo.

Referências

ALVAREZ, C. E.; BISSOLI, M. A inserção dos conceitos de sustentabilidade no ensino de arquitetura: experiências na Universidade Federal do Espírito Santo. In: Encontro Latino Americano de Universidades Sustentáveis, 1., 2008, Passo Fundo. Anais... Passo Fundo, 2008. Disponível em: <http://lpp.ufes.br/sites/lpp.ufes.br/files/field/anexo/ Artigo3457342.pdf>. Acesso em: 05 dez. 2019.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS – ABNT. NBR 15.215-1: Iluminação natural - Conceitos básicos e definições. Rio de Janeiro, 2005.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS – ABNT. NBR 15.575-1: Edificações Habitacionais – Desempenho. Requisitos Gerais. Rio de Janeiro, 2013.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS – ABNT. NBR ISO 14.001: Sistemas de Gestão Ambiental. Rio de Janeiro, 2004.

BARISON, M. B.; SANTOS, E. T. O papel do arquiteto em empreendimentos desenvolvidos com a tecnologia BIM e as habilidades que devem ser ensinadas na universidade. Gestão e Tecnologia de Projetos, São Carlos, v. 11, n. 1, p. 103-120, jan./jun. 2016. Disponível em: <http://www.periodicos.usp.br/gestaodeprojetos/article/view/102708/111711>. Acesso em: 08 dez. 2019.

BARROS, E. M. L. Avaliação de desempenho ambiental de edifícios: uma percepção dos agentes da construção civil no mercado do Espírito Santo. 2005. 162 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) – Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2005. Disponível em: <http://www.engenhariacivil.ufes.br/pt-br/pos-graduacao/PPGEC/detalhes-da-tese?id=2722>. Acesso em: 17 ago. 2018.

BISSOLI, M.; REMBISKI, F.; ALVAREZ, C. Oferta do mercado capixaba de materiais de construção sustentáveis e reaproveitáveis. In: Encontro Latino-Americano sobre Edificações e Comunidades Sustentáveis, 3., 2009, Recife. Anais... Recife, 2009. Disponível em: . Acesso: 16 dez. 2019.

BRASIL. Conselho Nacional de Meio Ambiente. (2002). Resolução CONAMA nº 307, de 5 de julho de 2002. Estabelece diretrizes, critérios e procedimentos para a gestão de resíduos da construção civil. Ministério do Meio Ambiente: CONAMA, 2002. Diário Oficial da União. Brasília, DF: Imprensa Oficial.

BUNDER, J. E.; ONO, R. Estudo da relação arquiteto-cliente em projetos de baixa complexidade. Gestão e Tecnologia de Projetos, São Carlos, v.14, n. 2, p.34-45,, 2019. Disponível em: <http://www.revistas.usp.br/gestaodeprojetos/article/view/153327/158157>. Acesso em: 13 fev. 2020.

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL. Boas práticas para habitação mais sustentável / coordenadores Vanderley Moacyr John, Racine Tadeu Araújo Prado. São Paulo: Páginas & Letras - Editora e Gráfica, 2010.

CAVALLI, M. Práticas sustentáveis aplicadas ao setor da construção civil: um estudo sobre as percepções dos arquitetos. 2015. 34p. Monografia (Especialização em Marketing) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Departamento de Ciências Administrativas. Programa de Pós-graduação em Administração, Porto Alegre, 2015. Disponível em: <https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/140130/000991016.pdf?sequence=1&isAllowed=y>. Acesso em: 20 dez. 2019.

CHAU, C.K.; LEUNG, T.M.; NG, W.Y. A review on Life Cycle Assessment, Life Cycle Energy Assessment and Life Cycle Carbon Emissions Assessment on buildings. Applied Energy, v. 143, p. 395-413, 2015. https://doi-org.ez43.periodicos.capes.gov.br/10.1016 /j.apenergy.2015.01.023

CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI. Construção Sustentável: a mudança em curso / Confederação Nacional da Indústria, Câmara Brasileira da Indústria da Construção – Brasília : CNI, 2017. Disponível em: <http://www.cbic.org.br/sustentabilidade/ wp-content/uploads/sites/22/2017/10/Caderno-Setorial-CBIC-CNI-Sustentabilidade.pdf>. Acesso em: 09 fev. 2020.

CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO BRASIL - CAU/BR. UIA emite declaração oficial com assuntos debatidos na COP25. 2019. Disponível em: <https://www.caubr.gov.br/uia-emite-declaracao-oficial-com-assuntos-debatidos-na-cop25/>. Acesso em: 07 dez. 2019.

COSTA, R. N.; AZEVEDO, G. A. N., PEDRO, R. M. L. Projetar-Com: O arquiteto como “autor-rede” em movimento. Gestão e Tecnologia de Projetos, São Carlos, v. 12, n. 2, p. 103-116. 2017. Disponível em: <http://www.revistas.usp.br/gestaodeprojetos/article/ view/120037/135433>. Acesso em: 12 jan. 2020.

EFFGEM, A.; RIBEIRO, A. C.; BRANDÃO, N. M.; VIEIRA, W. F.; SAUER, A. S.; REMBISKI, F. D.; COUTINHO, S. L. M.. Sustentabilidade em edificações na Região Metropolitana da Grande Vitória: Caracterização da amostra. In: Sustainable Urban Communities towards a Nearly Zero Impact Built Environment, 2016, Vitória. Anais... SBE16 Brazil & Portugal, 2016. v. 1. p. 189-198. Disponível em: . Acesso em: 12 nov. 2018.

FEIL, Alexandre André; SCHREIBER, Dusan. Sustentabilidade e desenvolvimento sustentável: desvendando as sobreposições e alcances de seus significados. Cad. EBAPE.BR, v. 14, nº 3, Rio de Janeiro, Jul./Set. 2017. p. 667-681. Disponível em: <http://www.scielo.br/ pdf/cebape/v15n3/1679-3951-cebape-15-03-00667.pdf>. Acesso em: 23 nov. 2019.

FELIPPE, A. Desempenho luminoso e energético de vidros de controle solar e dispositivos de sombreamento. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) – Centro Tecnológico, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2016. Disponível em: <https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/171443>. Acesso em: 23 dez. 2019.

GREEN BUILDING COUNCIL BRASIL. GBC Brasil. Certificação LEED. Disponível em: <https://www.gbcbrasil.org.br/certificacao/certificacao-leed/>. Acesso em: 07 dez. 2019.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE. 2010. Disponível em: <http://cidades.ibge.gov.br/xtras/perfil.php?codmun=320530>. Acesso em 29 jun. 2018.

JOHN, V.M.; AGOPYAN, V. O desafio da sustentabilidade na construção civil. v.5. São Paulo: Blucher, 2011.141p.

KOWALTOWSKI, D.C.C.K.; GOMES, V. S.; NEVES, L. O. et al. Action research and architectural sustainable design education: a case study in Brazil. International Journal of Technology and Design Education, Published online, 2019. https://doi-org.ez43.periodicos.capes.gov.br/10.1007/s10798-019-09525-5

LEITE, K. P.; BARROS NETO, J. P.; TEIXEIRA, M.; CLAUDINO, C. Processo de projeto em empreendimentos imobiliários: avaliação de projetistas e construtores. Gestão e Tecnologia de Projetos, 10, n. 2, p. 21-34, 2015. Disponível em: <http://www.revistas.usp.br/gestaodeprojetos/article/view/102050/105962>. Acesso em: 19 out. 2019.

MARQUES, L. B.; DIAS, I.P.; BROCCO, L.R.; SILVA, C. S.; SAUER, A. S.; REMBISKI, F. D.; COUTINHO, S. L. M.. Sustentabilidade em edificações na Região Metropolitana da Grande Vitória: Gestão de água e de energia. In: Sustainable Urban Communities towards a Nearly Zero Impact Built Environment, 2016, Vitória. Anais... SBE16 Brazil& Portugal, 2016. v. 3. p. 1839-1848. Disponível em: <https://sbe16.civil.uminho.pt/app/wp-content /uploads/2016/09/SBE16-Brazil-Portugal-Vol_3-Pag_1839.pdf>. Acesso em: 05 ago. 2018.

MARTINS, B. F. B.. Utilização de BIM e métodos de sustentabilidade em elementos na construção. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) – Departamento de Engenharia Civil, Faculdade de Engenharia Universidade do Porto, Porto (Portugal), 2018. Disponível em: <https://paginas.fe.up.pt/~gequaltec/w/images/Utiliza%C3%A7%C3%A3o_de_BIM_e _m%C3%A9todos_de_sustentabilidade_em_elementos_na_constru%C3%A7%C3%A3o_Bruno_Martins_Disserta%C3%A7%C3%A3o_Mestrado_MIEC_FEUP.pdf>. Acesso em: 07 dez. 2019.

MOTTA, S. R. F.; AGUILAR, M. T. P. Sustentabilidade e processos de projetos de edificações. Gestão e Tecnologia de Projetos, v. 4, n. 1, p. 84-119. maio 2009. Disponível em: . Acesso em: 20 dez. 2019.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS - ONU. Transformando Nosso Mundo: a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. Disponível em: <http://www.br.undp.org/content/dam/brazil/docs/agenda2030/undp-br-Agenda2030-completo-pt-br-2016.pdf>. Acesso em 12 de julho de 2018.

PRIZIBELA, S. C. C.; OLIVEIRA, R. de. Aplicação de princípios de sustentabilidade em empreendimentos de grande porte: posicionamento dos arquitetos. In: IV Encontro de Sustentabilidade em Projeto, 4, 2016, Florianópolis. Anais... P. 90-97. Disponível em: <https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/95015/299813.pdf?sequence=1&isAllowed=y>. Acesso em: 10 nov. 2019.

ROBICHAUD, L. B.; ANANTATMULA, V. S. The greening of project management: adapting project management practices to deliver cost efficient green building construction. In: Defining the Future of Project Management, Poland. Newtown Square, PA: Project Management Institute, 2008. Disponível em: <https://www.pmi.org /learning/library/sustainability-construction-industry-7099>. Acesso em: 15 fev. 2020.

SANTOS, T. S. dos; BATISTA, M. C.; POZZA, S. A.; ROSSI, L. S. Análise da eficiência energética, ambiental e econômica entre lâmpadas de LED e convencionais. Eng Sanit Ambient 20 n.4, out/dez 2015, 595-602. Disponível em: <http://www.scielo.br /pdf/esa/v20n4/1413-4152-esa-20-04-00595.pdf>. Acesso em: 20 nov. 2019.

SAUER, A.S.; COUTINHO, S.M.; PEREIRA, M.C.; BENFIQUES, I. da S. Percepção dos arquitetos atuantes na RMGV (ES) em relação a sustentabilidade na Construção Civil: estudos iniciais. In: Congresso Internacional de Sustentabilidade Urbana - 14º Jornada Urbenere e 2º Jornada Cires, 2018, Vila Velha. Anais... 2018, p. 2439-2448.

TELLO, R. RIBEIRO, F. B. Guia CBIC de boas práticas em sustentabilidade na indústria da Construção - Brasília: Câmara Brasileira da Indústria da Construção; Serviço Social da Indústria; Nova Lima: Fundação Dom Cabral, 2012. Disponível em: <https://cbic.org.br/wp-content/uploads/2017/11/Guia_CBIC_de_Boas_Praticas_em_ Sustentabilidade_na_Industria_da_Construcao_2015.pdf>. Acesso em: 20 fev. 2020.

THOMPSON, D. P.; SILVA, J.; ESPICALSKI, K.; ROVETTA, M. S.; NUNES, N. C.; SAUER, A. S.; REMBISKI, F. D.; COUTINHO, S. L. M. Sustentabilidade em edificações na Região Metropolitana da Grande Vitória: Gestão de materiais de construção, resíduos e certificações ambientais. In: Sustainable Urban Communities towards a Nearly Zero Impact Built Environment, 2016, Vitória. Anais... SBE16 Brazil & Portugal, 2016. v. 1. p. 227-236. Disponível em: <https://sbe16.civil.uminho.pt/app/wp-content/uploads/ 2016/09/SBE16-Brazil-Portugal-Vol_1-Pag_227.pdf>. Acesso em: 20 nov. 2018.

TRENCHER, G. P.; YARIME, M.; KHARRAZI, A. Co-creating sustainability: cross-sector university collaborations for driving sustainable urban transformations. Journal of Cleaner Production. 50, n. 1, 2013, 40-55. https://doi.org/10.1016/j.jclepro.2012.11.047

VASCONCELOS, R. L.; PIRRÓ, L.; NUDEL, M.; A importância da inserção dos conceitos de sustentabilidade no currículo das escolas de arquitetura no Brasil para a formação das novas gerações de arquitetos. In: Encontro Nacional de Tecnologia no Ambiente Construído, 11, 2006, Florianópolis. Anais... Porto Alegre: ANTAC, 2006. Disponível em: http://www.infohab.org.br/entac2014/2006/artigos/ENTAC2006_3885_3893.pdf. Acesso em: 20 nov. 2020.

VILELA, L. O. Aplicação do PROKNOW-C para seleção de um portifólio bibliográfico e análise bibliométrica sobre avaliação de desempenho da gestão do conhecimento. Revista Gestão Industrial 8, n. 1, 2012, p. 76-92. Disponível em: <https://periodicos.utfpr.edu.br/revistagi/article/view/891/780>. Acesso em: 20 fev. 2020.

WARBURTON, K. Deep learning and education for sustainability. International Journal of Sustainability in Higher Education. v. 4, n. 1, 2003. p. 44-56. https://doi-org.ez43.periodicos.capes.gov.br/10.1108/14676370310455332.

ZAMDEMONIGNE, R. T.; TIBÚRCIO, T. M. de S.; GOMES, E. C.; EVANGELO, L.S. A percepção e prática dos arquitetos em relação às edificações sustentáveis: uma abordagem qualitativa coma arquitetos de Viçosa - MG. In: Encontro Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído, 14, 2012, Juiz de Fora. Anais... Porto Alegre: ANTAC, 2012. Disponível em: <http://www.infohab.org.br/entac2014/2012/docs/1192.pdf>. Acesso em: 17 ago. 2018.

Downloads

Publicado

2020-12-28

Como Citar

Nascimento, M. F., da Silva, A. R. F., Sauer, A. S., Coutinho, S. M., Pereira, M. C., & Maioli, G. da S. (2020). Sustentabilidade ambiental no processo de projeto: avaliação de percepção dos arquitetos - o caso da Grande Vitória (ES). Gestão & Tecnologia De Projetos, 16(1), 43-59. Recuperado de https://www.revistas.usp.br/gestaodeprojetos/article/view/165879

Dados de financiamento