Aplicações de 3D laser scanning para um (re) inventário digital do patrimônio cultural edificado de Monte Santo, Bahia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/gtp.v16i3.174786

Palavras-chave:

3D Laser Scanning, HBIM, Patrimônio Cultural, Documentação Arquitetônica

Resumo

Estudos sobre condições de conservação do patrimônio edificado e reconhecimento da estratificação da morfologia urbana de sítios históricos, visando preservar sua materialidade, imagem e significados, representam temática de crescente interesse científico. Nesta pesquisa toma-se como objeto de estudo a cidade de Monte Santo, Bahia. Em 1983 o local foi reconhecido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) como patrimônio nacional pelo seu valor paisagístico, arquitetônico e histórico. Passados 37 anos, a adulteração do conjunto histórico é crescente, expondo a riscos seu ambiente histórico. Para viabilizar novos registros documentais de arruamentos, organização de quadras e tipologias arquitetônicas de uma cidade de topografia e superfícies complexas, optou-se pela adoção de escaneamentos a laser terrestre com tecnologia LIDAR. O emprego do 3D Laser Scanning possibilitou a obtenção de informações tridimensionais qualitativas e métricas precisas, que viabilizaram a construção geométrica de inteiros trechos urbanos (488.000m²), bem como de edifícios singulares para reconhecimento e registro das alterações e permanências do território e do estado de integridade de suas construções.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Regina Andrade Tirello, Universidade Estadual de Campinas

É doutora em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (1999). Possui especialização em restauro de monumentos pelo Centro Studi per il Restauro dei Monumenti e Centri Storici del CECTI di Firenze e especialização em conservação e teoria do restauro de obras de arte pela Università Internazionale dell Arte di Firenze,além de diversos cursos de aperfeiçoamento na área da preservação de bens culturais na Università degli Studi di Bologna .Pós doutorado na área de Restauração e Valorização do patrimonio no Politecnico di Torino (2018-2019). Foi responsável pela criação e coordenação do programa Conservação e Restauração de Bens Arquitetônicos e Integrados do Centro de Preservação Cultural da Universidade de São Paulo (CPC-USP) de 1988 a 2009. Desde 2004 é docente da Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e participa do programa de pós-graduação "Arquitetura, Tecnologia e Cidade" (PPG-ATC) na mesma Faculdade. Orienta pesquisas de IC, mestrado, doutorado na área da Preservação Cultural e Arquitetônica. Representa a Unicamp em conselhos municipais , entre os quais o CONCIDADE (Conselho da Cidade de Campinas), e estaduais. É líder do Grupo de Conservação e Restauro da Arquitetura (GCOR-Arquitetura /Unicamp) que congrega pesquisas, estudos e trabalhos de extensão relacionados ao patrimônio. Foi professora visitante de cursos de especialização sobre preservação de bens arquitetônicos brasileiros(UFP,PUCCamp, Unisantos, Unicsul entre outros); tem livro e diversos trabalhos publicados em congressos e periódicos nacionais e internacionais nas áreas de conservação e restauro arquitetônico e de bens integrados e preservação de sítios e conjuntos de interesse histórico e cultural. É assessora científica de periódicos especializados e de eventos no campo do patrimônio. Foi diretora de Projetos do Museu Exploratório de Ciências da Unicamp (2016-2017).Conselheira do CONDEPHAAT ( Conselho do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico do Estado de São Paulo) de 2013 a 2018 e do CONDEPACC (Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Campinas) desde 2017.É membro do International Council on Monuments and Sites( ICOMOS),Brasil. (Texto informado pelo autor Atua na área da Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em Metodologia e Tecnologia de Restauração Arquitetônica, com desenvolvimento de pesquisas e orientações dedicadas ás seguintes temáticas :Metodologia de projeto de restauro e estratégia de intervenção em sítios e conjuntos históricos; Conservação de bens culturais;Arqueologia da Arquitetura;Representação, difusão e gestão do patrimônio cultural e Conservação e restauração de pinturas murais artísticas. ) (Fonte: Currículo Lattes)

Timóteo de Andrade Ferreira, Universidade Estadual de Campinas

Referências

ALVES, E. P. M. Diversidade cultural, patrimônio cultural material e cultura popular: a Unesco e a construção de um universalismo global. Soc. estado. [online]. vol.25, n.3, pp. 539-560, 2010. https://doi.org/10.1590/S0102-69922010000300007.

BIANCHINI C. e TACCHI, G. L.; Il Rilievo come Sistema di Conoscenza: la Casa dei Cavalieri di Rodi. Roma, Gangemi Editore, 2013.

BÖHLER, W. e HEINZ, G. Documentation, Surveying, Photogrammetry. Anais do XVII Simpósio do Comitê Internacional de Fotogrametria Arquitetônica. Recife, 1999. Disponível em: https://i3mainz.hs-mainz.de/sites/default/files/public/data/cipa99.pdf; Acesso maio 2019.

BRASIL. IPHAN - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Inventário nacional de bens móveis e integrados da Bahia. Salvador: IPHAN, v. 34, 1995.

BRUSAPORCI S.; Sperimentazione di modelli tridimensionali nello studio dell'architettura storic; in: Sistemi informativi integrati per la tutela la conservazione e la valorizzazione del patrimonio architettonico e urbano; Gangemi; Roma. pp. 58-64, 2010.

CUNHA, Euclides da. Diário de uma expedição/Euclides da Cunha; organização Walnice Nogueira Galvão. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

FERREIRA, T. A; TIRELLO R. A.; Práticas de documentação e registro em 3D laser scanning em Monte Santo-BA, a cidade que abriga o “Altar do Sertão”. In: Estudos brasileiros sobre patrimônio – Volume 3/ Organização: Editora Poisson - Belo Horizonte MG: Poisson; pp. 214-228, 2019. Formato: PDF; ISBN: 978-85-7042-172-2 DOI: 10.36229/978-85-7042-172-2.CAP21.

GROETELAARS, N. J. Criação de modelos BIM a partir de "nuvens de pontos": estudo de métodos e técnicas para documentação arquitetônica. 2015. 372 f. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) - Faculdade de Arquitetura, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2015.

ICOMOS: Principles for ther recording of monuments, groups of buildings and sites (1996). Disponível em icomos.org/charters/archives-e.pdf, acesso em set. de 2019.

Inventário de Proteção do Acervo Cultural – vol. VI. Monumentos e Sítios das Mesorregiões do Nordeste, Vale Sanfranciscano e Extremo Oeste da Bahia, Governo do Estado da Bahia / Secretaria da Indústria e Comércio / Coord. do fomento ao turismo, Salvador, pp. 169-180, 1999.

MIRANDA, M. P. de S.; O inventário como instrumento constitucional de proteção ao patrimônio cultural brasileiro. Revista Jus Navigandi, ISSN 1518-4862, Teresina, ano 13, n. 1754, 20 abr. 2008. Disponível em: https://jus.com.br/artigos/11164. Acesso em set. de 2020.

MOTTA, L.; SILVA, M. B. R.; Inventários de identificação: um panorama da experiência brasileira. Rio de Janeiro: IPHAN, 1998.

RABELLO, S.; O tombamento. In: REZENDE, Maria Beatriz; GRIECO, Bettina;

TEIXEIRA, Luciano; THOMPSON, Analucia (Orgs.). Dicionário IPHAN de Patrimônio Cultural. 1ª ed. Rio de Janeiro, Brasília: IPHAN/DAF/Copedoc, 2015. (termo chave Tombamento). ISBN 978-85-7334-279-6.

REMONDINO, F.; Heritage Recording and 3D Modeling with Photogrammetry and 3D Scanning Remote Sens. 2011, 3, 1104-1138; DOI: 10.3390/rs3061104.

UNESCO. Operational guidelines for the implementation of the world heritage convention. Paris: UNESCO, 2005.

VIEGAS C. C. L.; TEIXEIRA, R. B.; O papel da ambiência histórica nos processos de tombamento de Sítios Históricos Urbanos. In: Cadernos de História, Belo Horizonte, v. 18, n. 28, 1º sem. 2017 – ISSN 2237-8871 DOI: 10.5752/P.2237-8871. v18, p. 28, 2017.

Processos e documentos:

____IPHAN/Processo Nº 1.060-T-82 S.P.H.A.N./D.T.C. Fundação Nacional pró-memória/Divisão de Registro e Documentação.

____IPAC. Inventário de Proteção do Acervo Cultural da Bahia. Salvador: Governo do Estado da Bahia. Salvador. v. 6. 1999.

Sites:

<http://portal.iphan.gov.br/uploads/ckfinder/arquivos/Tombamento%20pdf(1).pdf> (termo chave Tombamento). Acesso em ago. 2020.

<http://portal.iphan.gov.br/dicionarioPatrimonioCultural/detalhes/54/instituto-brasileiro-do-patrimonio-cultural-ibpc-1990-1994> (Dicionário do Patrimônio Cultural – Verbete). Acesso em Ago. 2020.

Downloads

Publicado

2021-08-23

Como Citar

Tirello, R. A., & Ferreira, T. de A. (2021). Aplicações de 3D laser scanning para um (re) inventário digital do patrimônio cultural edificado de Monte Santo, Bahia. Gestão & Tecnologia De Projetos, 16(3). https://doi.org/10.11606/gtp.v16i3.174786