PERCEPÇÃO, ESTÉTICA E USO DO MOBILIÁRIO URBANO

  • Naiana Maura John UFRGS
  • Antonio Tarcísio da Luz Reis UFRGS
Palavras-chave: Mobiliário urbano, Estética, Uso

Resumo

Proposta: Esse artigo discute a importância da abordagem da percepção ambiental para que o projeto e a implantação do mobiliário urbano sejam mais qualificados. Ao considerar que a qualidade do projeto e do desempenho dos espaços públicos dependem do atendimento das necessidades dos usuários, torna-se importante estudar como os usuários percebem o mobiliário urbano. Método de pesquisa/Abordagens: A discussão aborda questões relacionadas às necessidades estéticas e funcionais por parte dos usuários dos espaços urbanos. Quanto à estética, são discutidos aspectos tais como ordem e complexidade. Ainda, são abordadas questões relativas aos quesitos funcionais do mobiliário urbano e seus impactos na utilização dos espaços públicos. Resultados: espera-se contribuir para a discussão sobre a importância do projeto e localização do mobiliário urbano em satisfazer as necessidades de seus usuários. Contribuições/Originalidade: Contribuição ao estudo da qualidade do mobiliário e do espaço urbano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Naiana Maura John, UFRGS
Arquiteta, Mestranda em Planejamento Urbano e Regional - PROPUR/UFRGS
Antonio Tarcísio da Luz Reis, UFRGS
Arquiteto, Ph.D. Professor e pesquisador da Faculdade de Arquitetura e do PROPUR/ UFRGS
Publicado
2010-11-11
Como Citar
John, N., & da Luz Reis, A. (2010). PERCEPÇÃO, ESTÉTICA E USO DO MOBILIÁRIO URBANO. Gestão & Tecnologia De Projetos, 5(2), p. 180-206. https://doi.org/10.4237/gtp.v5i2.106