AVALIAÇÃO PÓS-OCUPAÇÃO: PRÉ-TESTE DE INSTRUMENTOS PARA VERIFICAÇÃO DO DESEMPENHO DE EMPREENDIMENTOS HABITACIONAIS EM SISTEMAS CONSTRUTIVOS INOVADORES

Autores

  • Rosaria Ono Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Universidade de São Paulo http://orcid.org/0000-0001-9418-4004
  • Sheila Walbe Ornstein Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Universidade de São Paulo
  • Fabiana Lopes de Oliveira Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Universidade de São Paulo
  • Walter José Ferreira Galvao Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Universidade Nove de Julho

DOI:

https://doi.org/10.11606/gtp.v10i1.88979

Palavras-chave:

Avaliação Pós-Ocupação, Avaliação de Desempenho, Pré-Teste, Edifícios Habitacionais, Sistemas Construtivos Inovadores, Instrumentos de Avaliação.

Resumo

Este artigo discute a importância do pré-teste e os resultados da sua aplicação num procedimento para avaliação de desempenho de empreendimentos habitacionais em uso, visando contribuir para o conhecimento sobre a qualidade do ambiente construído e dos sistemas construtivos inovadores especificados dentro de uma visão sistêmica do ciclo de vida útil das edificações.  O procedimento padronizado englobando um conjunto de instrumentos otimizados para avaliação de desempenho, ora proposto, teve como base a metodologia da Avaliação Pós-Ocupação (APO) e os requisitos e critérios da norma brasileira ABNT/NBR 15575:2013.  Ressalta-se que esse conjunto de instrumentos foi concebido para permitir uma avaliação preliminar do atendimento do sistema construtivo inovador de empreendimentos habitacionais aos requisitos de desempenho definidos em normas brasileiras, considerando as suas principais características.  Os instrumentos propostos e pré-testados indicam ser fundamental a participação dos usuários (moradores) na avaliação das habitações em fase de uso, combinada com a aplicação de instrumentos para a avaliação técnica de desempenho realizada por especialistas, como forma de obtenção de insumos essenciais para aprimorar o processo e a gestão visando à garantia da qualidade arquitetônica e construtiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosaria Ono, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Universidade de São Paulo

Arquiteta e Urbanista, Professora Titular do Departamento de Tecnologia da Arquitetura da FAUUSP

Sheila Walbe Ornstein, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Universidade de São Paulo

Arquiteta e Urbanista, Professora Titular do Departamento de Tecnologia da Arquitetura da FAUUSP

Fabiana Lopes de Oliveira, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Universidade de São Paulo

Engenheira civil e Professora Doutora do Departamento de Tecnologia da FAUUSP

Walter José Ferreira Galvao, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo Universidade Nove de Julho

Doutor pela USP e Professor Doutor da Universidade Nove de Julho

Referências

AMANCIO, R. C. A.; FABRICIO, M. M.; MITIDIERI FILHO, C. V. Avaliações técnicas de produtos inovadores no Brasil. In Jornadas LNEC – Engenharia Para a Sociedade. Investigação E Inovação, 2012. Anais. Lisboa: 18 a 20 de junho de 2012. (CD-Rom). Sem página.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Edificações Habitacionais – Desempenho (NBR 15575). Rio de Janeiro, 2013.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Sistemas de gestão da qualidade – Fundamentos e vocabulário (NBR ISO 9000). Rio de Janeiro, 2005.

BRASIL. Ministério das Cidades. Institui o Sistema Nacional de Avaliação Técnica de produtos inovadores - SINAT, no âmbito do Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat, e dá outras providências. Portaria N° 345, de 3 de Agosto de 2007. Publicada no DOU em 13 de agosto de 2007.

EUROPEAN COMMITTEE FOR STANDARDIZATION. Ergonomics of the physical environment – Assessment of environments by means of an environmental survey involving physical measurements of the environment and subjective responses of people (English translation of DIN EN ISO 28802:2012-06), Brussels: European Committee for Standardization (CEN), 2012.

FINCH, E.(edit.) Facilities change management. UK: Wiley-Blackwell, 2012. 202p.

GROAT, L.; WANG, D. Architectural Research Methods.New York: John Wiley and Sons, 2002. 389p.

HERSHBERGER, R. G. Architectural Programming and Predesign Manager.New York: Mc Graw Hill, 1999. 489p.

KOWALTOWSKI, D.C.C.K. et al. Métodos e instrumentos de avaliação de projetos destinados à habitação de interesse social. In: Qualidade ambiental na habitação. Avaliação Pós-Ocupação (S. B.Villa; S.W.Ornstein, org.). São Paulo: Oficina de Textos, 2013. pp. 149-184.

LAWSON, B. Como arquitetos e designers pensam. São Paulo: Oficina de Textos, 2011. 296p.

PREISER, W. F. E.; VISCHER, J.C. Assessing building performance. Oxford, UK: Elsevier, 2005. 243p.

RHEINGANTZ, P. A. et al. Observando a qualidade do lugar. Procedimentos para a Avaliação Pós-Ocupação. Rio de Janeiro: Programa de Pós-Graduação em Arquitetura da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2009. 117p. http://www.fau.ufrj.br/prolugar/arq_pdf/livros/obs_a_qua_lugar.pdf (conferir link)

ROMÉRO, M. A.; ORNSTEIN, S. W. (coordenadores /editores). Avaliação Pós-Ocupação. Métodos e Técnicas aplicados à Habitação Social. Porto Alegre: Associação Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído (coleção Habitare), 2003. 293p.

ROSSI, P.H.; FREEMAN, H.E. Evaluation. A Systematic Approach. Newsbury Park, California: Sage Publications, Inc, 1989. 423p.

ROWE, P. G. Design Thinking. Cambridge, Massachusetts: The MIT Press, 1992 (4a edição). 229p.

SHAVELSON, R.J. Statistical Reasoning for Behavioral Sciences. Needham, Massachusetts: Allyn and bacon, Inc., 1988. 744 p.

THOMSEN, A. Ex Ante Performance Evaluation of Housing. In: Ways to Study and Research Urban, Architectural and Technical Design (T.M. de Jong; D.J.M. van der Voordt, edits). Delft, The Netherlands: Deft University Press, 2002. pp. 163-168.

VILLA, S. B.; ORNSTEIN, S. W. (org.).Qualidade ambiental na habitação. Avaliação pós-ocupação. São Paulo: Oficina de Textos, 2013. 400p.

VITTORINO, F.; AKUTSU, M. Avaliação das condições de conforto térmico e lumínico em conjuntos habitacionais no estado de São Paulo. In: V ENCONTRO NACIONAL E II ENCONTRO LATINO-AMERICANO DE CONFORTO NO AMBIENTE CONSTRUÍDO, 1999, Fortaleza, CE. Anais do V Encontro nacional e II Encontro latino-americano de conforto no ambiente construído, 1999.

VOORDT, T.J. M. van der; WEGEN, H. B.R. van. Architecture In Use. An Introduction to the programming, design and evaluation of buildings. Oxford, UK: Elsevier, 2005. 237p.

ZEISEL, J.Inquiry by Design. Environment /Behavior/Neuroscience in Architecture, Interiors, Landscape, and Planning.New York: W.W.Norton, 2006. 400p.

Downloads

Publicado

2015-08-13

Como Citar

Ono, R., Ornstein, S. W., Oliveira, F. L. de, & Galvao, W. J. F. (2015). AVALIAÇÃO PÓS-OCUPAÇÃO: PRÉ-TESTE DE INSTRUMENTOS PARA VERIFICAÇÃO DO DESEMPENHO DE EMPREENDIMENTOS HABITACIONAIS EM SISTEMAS CONSTRUTIVOS INOVADORES. Gestão & Tecnologia De Projetos, 10(1), 67-81. https://doi.org/10.11606/gtp.v10i1.88979

Edição

Seção

Artigos