Entre Parentes, quem?

Resenha

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2020.163091

Palavras-chave:

Povos indígenas, Acampamento Terra Livre, Parentes

Resumo

Resenha do filme dirigido por Tiago de Aragão, Entre parentes (2018, Brasil, cor, 27 min.) Resenha do curta-metragem Entre Parentes dirigido por Tiago de Aragão, da Universidade Federal de Brasília, que recebeu o segundo lugar no Prêmio Pierre Verger na 31ª Reunião Brasileira de Antropologia. Acompanhando caminhos que o cineasta percorre e observa, somos provocados por cenas de uma guerra instaurada, que evoca lugares e posições. Em uma guerra não há meio termo e o contexto em si, anuncia o final do mês de abril, em 2017, passado um ano do impeachment da ex-presidente Dilma, que retirou a primeira mulher eleita na história do país. Ocasião mesma em que Brasília recebia o 14º Acampamento Terra Livre, tendo sido a maior mobilização coletiva entre os povos indígenas do Brasil e seus aliados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Amanda Signori, Universidade Federal de São Paulo

É formada em Ciências Sociais pela Universidade Federal de São Paulo e atualmente é mestranda em Ciências Sociais pela mesma instituição. Sua pesquisa atravessa estudos de gênero e etnologia. Atua também como indigenista. E-mail: amanda.signori@gmail.com

Referências

Clastres, Pierre. 2004. Sociedade contra o Estado. São Paulo: Cosac Naify.

Clastres, Pierre. 2004. Arqueologia da violência — pesquisas de antropologia política. São Paulo: Cosac & Naify.

Haraway, Donna. 1999. Las promesas de los monstruos: una política regeneradora para otros inapropiados/bles. Política y Sociedad, vol. 30: 121-63.

Latour, Bruno. 2009. Jamais fomos modernos. São Paulo: Editora 34.

Stengers, Isabelle. 2008. Experimenting with refrains: subjectivity and the challenge of escaping modern dualism. Subjectivity, vol. 22: 38-59.

Sztutman, Renato. 2012. O profeta e o principal: a ação política ameríndia e seus personagens. São Paulo: Edusp, Fapesp.

Viveiros de Castro, Eduardo. 2002. O nativo relativo. Mana, 8(1).

Wagner, Roy. 2010. A invenção da cultura. São Paulo: Cosac Naify.

Publicado

2020-08-24

Como Citar

Signori, Amanda. 2020. “Entre Parentes, Quem? Resenha”. GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia 5 (1). São Paulo, Brasil. https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2020.163091.

Edição

Seção

T.E.R - Traduções, Entrevistas e Resenhas