Musicar local: tema e variações

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2021.185860

Palavras-chave:

Musicar local, Música, Etnomusicologia, Musicologia

Resumo

A noção de musicar local vem sendo experimentada em um projeto temático do qual as três organizadoras deste dossiê participam. Desde 2016, temos orientado nossas pesquisas em torno desta expressão que une o conceito de musicar – traduzido de musicking de Christopher Small – com a noção de localidade, pensada a partir das considerações de autores como Arjun Appadurai e Ruth Finnegan. Musicar, na acepção de Small (1998), é utilizado para se referir a qualquer forma de engajamento com a música, entendida não apenas em seus aspectos formais (a obra musical), mas igualmente como performance, fruição, consumo, transmissão musical etc.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Érica Giesbrecht, Universidade de São Paulo

ÉRICA GIESBRECHT é etnomusicóloga e, desde 2007, vem realizando pesquisas sobre música e dança, também explorando o potencial da etnografia visual como meio de conhecimento expressão. Foi professora visitante do Instituto Vilallobos da Unirio (2018-19) e Chair in Music Visiting Professor Fulbright no Departamento de Folclore e Etnomusicologia da Universidade de Indiana-Bloomington (2019). E-mail: egiesbrecht@gmail.com

Rose Satiko G. Hikiji, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

ROSE SATIKO G. HIKIJI é professora do Departamento de Antropologia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Coordenadora do PAM - Pesquisas em Antropologia Musical, vice-coordenadora do GRAVI e membro do NAPEDRA. Suas pesquisas e filmes etnográficos abordam a música e arte de moradores da periferia paulistana e de africanos recém-chegados a São Paulo. É bolsista de produtividade do CNPq e pesquisadora principal do projeto temático «O musicar local - Novas trilhas para a etnomusicologia» (Fapesp 2016/05318-7) . E-mail: satiko@usp.br

Vitor Grunvald, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

VITOR GRUNVALD é professor de Antropologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e coordenador do Núcleo de Antropologia Visual (Navisual-UFRGS) e do Grupo de Reconhecimento de Universos Artísticos/Audiovisuais (GRUA-UFRJ). Com formação em cinema, realiza experimentações com a imaginação etnográfica e trabalha com arte, imagem, performance e marcadores sociais da diferença. E-mail: vgrunvald@gmail.com

Referências

Anderson, Benedict R. O’G. 1983. Imagined Communities: Reflections on the Origin and Spread of Nationalism. Revised edition. London: Verso.

Appadurai, Arjun. 1996. The Production of Locality. In: Modernity at Large: Cultural Dimensions of Globalization, edited by Arjun Appadurai, 178-99. Minneapolis: University of Minnesota Press.

Braga, Gibran Teixeira. 2021. “Musicando Localidades, Localizando Musicares (Review)”. GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia 6 (1). São Paulo, Brasil: e-178244. https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2021.178244.

Branco, Cristina de, and Teófilo, Mariana Santos. 2021. “Musicando translocalidades imigrantes aymaras e quechuas em São Paulo”. GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia 6 (1). São Paulo, Brasil: e-176158. https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2021.174364.

Bertho, Renan Moretti, Alexsânder Nakaóka Elias, Brenno Brandalise Demarchi, Anna Hartmann, Arthur Silva Barbosa, Luiz Henrique Campos Pereira, and Noelle Rodrigues Ventur. 2021. “Um Ouvido No Fone E O Outro Na Cidade: Por Uma Representação Audiovisual Do Musicar Local”. GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia 6 (1). São Paulo, Brasil: e-176158. https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2021.176158.

Chalcraft, Jasper & R. S. G. Hikiji. “Collaborative post-production”. In: Vannini, Phillip. (Org.). The Routledge International Handbook of Ethnographic Film and Video. 1ed. Abingdon / New York: Routledge, 2020, v. 1, p. 214-223.

Coelho, Luiza Fernandes. 2021. “Retratando o musicar local do bumba-meu-boi no audiovisual”. GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia 6 (1). São Paulo, Brasil: e-175861. https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2021.175861

De Certeau, Michel. 1998 [1980]. A invenção do cotidiano – artes de fazer. Petrópolis: Editora Vozes.

Del Picchia, Meno. 2021. “Fluxos, quebrada e musicar funk – se sentir dentro da música”. GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia 6 (1). São Paulo, Brasil: e-175272. https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2021.175272.

Domínguez, María Eugenia. 2021. “Conexões sensíveis: Seguindo a Trilha etnobiográfica De Um Músico Chaquenho”. GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia 6 (1). São Paulo, Brasil: e-174319. https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2021.174319.

Estupiñan, Juan Pablo. 2021. “Arrullando A La Virgen. Negociaciones Sonoras Durante La Celebración De Las Balsadas En Guapi (Pacífico Colombiano)”. GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia 6 (1). São Paulo, Brasil: e-175880. https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2021.175880

Giesbrecht, Erica. 2021. “Amaculo Manihamba: Canções De Caminhar De Mulheres De Uma região transfronteiriça Ao Sul Do Continente Africano (Resenha)”. GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia 6 (1). São Paulo, Brasil: e-176168. https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2021.176168.

Glick Schiller, Nina & L. Basch and C. Blanc-Szanton. 1992. Transnationalism: a new analytic framework for understanding migration. In Annals of the New York Academy of Science.

Hermoza, Ellis Regina Sanchez. 2021. “O Musicar Do Atajo De Negritos Da Família Ballumbrosio: Uma Etnografia Da Performance”. GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia 6 (1). São Paulo, Brasil: e-175860. https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2021.175860

Macdonald, Sharon. 2013. Memorylands. Londres: Routledge.

Martins, Raquel Mendonça. 2021. “Espaços Físicos e Afetivos Do Funk: O Musicar Local Das Festas Lésbicas De São Paulo.” GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia 6 (1). São Paulo, Brasil: e-175893. https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2021.175893

Mbembe, Achille. 2020. “O direito universal à respiração”. Retrieved from https://pospsi.com.br/wp-content/uploads/2020/09/TEXTOS_20-achille-mbembe.pdf

Rancière, Jacques, & Steve Corcoran. 2010. Dissensus: on politics and aesthetics. New York: Continuum.

Reily, Suzel Ana. 2021. “O Musicar Local E A Produção Musical da Localidade”. GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia 6 (1). São Paulo, Brasil: e-185341. https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2021.185341

Romero, Hidalgo and Villela, Alice. 2018. Quando a roda acontece: o audiovisual como tradução da experiência na performance musical participativa. In: ANAIS do SIPA - Seminário Imagem, Pesquisa e Antropologia. Unicamp.

Small, Christopher. 1998. Musicking: the meanings of performance and listening. Middletown, Ct: Wesleyan University Press.

Soares, Andre Castro. 2021. “Sembapatrimonioimaterial.com: Performances Locais, Narrativas Nacionais Imaginadas, diálogos a Partir Do Terreno”. GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia 6 (1). São Paulo, Brasil: e-174219. https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2021.174219.

Turino, Thomas. 2008. Music as Social Life: the politics of participation. Chicago: The University of Chicago Press.

Wenger-Trayner, Etienne, & Beverly Wenger-Trayner. 2015. Communities of practice: a brief introduction. Communities of practice, n. 5: 8. Available in: https://wenger-trayner.com/wp-content/uploads/2015/04/07-Brief-introduction-to-communities-of-prac-tice.pdf.Webgrafia

Anderson, Benedict R. O’G. 1983. Imagined Communities: Reflections on the Origin and Spread of Nationalism. Revised edition. London: Verso.

Appadurai, Arjun. 1996. The Production of Locality. In: Modernity at Large: Cultural Dimensions of Globalization, edited by Arjun Appadurai, 178-99. Minneapolis: University of Minnesota Press.

Braga, Gibran Teixeira. 2021. “Musicando Localidades, Localizando Musicares (Review)”. GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia 6 (1). São Paulo, Brasil: e-178244. https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2021.178244.

Branco, Cristina de, and Teófilo, Mariana Santos. 2021. “Musicando translocalidades imigrantes aymaras e quechuas em São Paulo”. GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia 6 (1). São Paulo, Brasil: e-176158. https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2021.174364.

Bertho, Renan Moretti, Alexsânder Nakaóka Elias, Brenno Brandalise Demarchi, Anna Hartmann, Arthur Silva Barbosa, Luiz Henrique Campos Pereira, and Noelle Rodrigues Ventur. 2021. “Um Ouvido No Fone E O Outro Na Cidade: Por Uma Representação Audiovisual Do Musicar Local”. GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia 6 (1). São Paulo, Brasil: e-176158. https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2021.176158.

Chalcraft, Jasper & R. S. G. Hikiji. “Collaborative post-production”. In: Vannini, Phillip. (Org.). The Routledge International Handbook of Ethnographic Film and Video. 1ed. Abingdon / New York: Routledge, 2020, v. 1, p. 214-223.

Coelho, Luiza Fernandes. 2021. “Retratando o musicar local do bumba-meu-boi no audiovisual”. GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia 6 (1). São Paulo, Brasil: e-175861. https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2021.175861

De Certeau, Michel. 1998 [1980]. A invenção do cotidiano – artes de fazer. Petrópolis: Editora Vozes.

Del Picchia, Meno. 2021. “Fluxos, quebrada e musicar funk – se sentir dentro da música”. GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia 6 (1). São Paulo, Brasil: e-175272. https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2021.175272.

Domínguez, María Eugenia. 2021. “Conexões sensíveis: Seguindo a Trilha etnobiográfica De Um Músico Chaquenho”. GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia 6 (1). São Paulo, Brasil: e-174319. https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2021.174319.

Estupiñan, Juan Pablo. 2021. “Arrullando A La Virgen. Negociaciones Sonoras Durante La Celebración De Las Balsadas En Guapi (Pacífico Colombiano)”. GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia 6 (1). São Paulo, Brasil: e-175880. https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2021.175880

Giesbrecht, Erica. 2021. “Amaculo Manihamba: Canções De Caminhar De Mulheres De Uma região transfronteiriça Ao Sul Do Continente Africano (Resenha)”. GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia 6 (1). São Paulo, Brasil: e-176168. https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2021.176168.

Glick Schiller, Nina & L. Basch and C. Blanc-Szanton. 1992. Transnationalism: a new analytic framework for understanding migration. In Annals of the New York Academy of Science.

Hermoza, Ellis Regina Sanchez. 2021. “O Musicar Do Atajo De Negritos Da Família Ballumbrosio: Uma Etnografia Da Performance”. GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia 6 (1). São Paulo, Brasil: e-175860. https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2021.175860

Macdonald, Sharon. 2013. Memorylands. Londres: Routledge.

Martins, Raquel Mendonça. 2021. “Espaços Físicos e Afetivos Do Funk: O Musicar Local Das Festas Lésbicas De São Paulo.” GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia 6 (1). São Paulo, Brasil: e-175893. https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2021.175893

Mbembe, Achille. 2020. “O direito universal à respiração”. Retrieved from https://pospsi.com.br/wp-content/uploads/2020/09/TEXTOS_20-achille-mbembe.pdf

Rancière, Jacques, & Steve Corcoran. 2010. Dissensus: on politics and aesthetics. New York: Continuum.

Reily, Suzel Ana. 2021. “O Musicar Local E A Produção Musical da Localidade”. GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia 6 (1). São Paulo, Brasil: e-185341. https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2021.185341

Romero, Hidalgo and Villela, Alice. 2018. Quando a roda acontece: o audiovisual como tradução da experiência na performance musical participativa. In: ANAIS do SIPA - Seminário Imagem, Pesquisa e Antropologia. Unicamp.

Small, Christopher. 1998. Musicking: the meanings of performance and listening. Middletown, Ct: Wesleyan University Press.

Soares, Andre Castro. 2021. “Sembapatrimonioimaterial.com: Performances Locais, Narrativas Nacionais Imaginadas, diálogos a Partir Do Terreno”. GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia 6 (1). São Paulo, Brasil: e-174219. https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2021.174219.

Turino, Thomas. 2008. Music as Social Life: the politics of participation. Chicago: The University of Chicago Press.

Wenger-Trayner, Etienne, & Beverly Wenger-Trayner. 2015. Communities of practice: a brief introduction. Communities of practice, n. 5: 8. Available in: https://wenger-trayner.com/wp-content/uploads/2015/04/07-Brief-introduction-to-communities-of-prac-tice.pdf.Webgrafia

Publicado

2021-08-27

Como Citar

Giesbrecht, Érica, Rose Satiko G. Hikiji, e Vitor Grunvald. 2021. “Musicar Local: Tema E variações”. GIS - Gesto, Imagem E Som - Revista De Antropologia 6 (1). São Paulo, Brasil:e-185860. https://doi.org/10.11606/issn.2525-3123.gis.2021.185860.

Edição

Seção

Dossiê Musicar Local

Dados de financiamento