Aulas Práticas de Laboratório como Método de Ensino de Genética Molecular

  • Andressa Monteiro Venturini Universidade de São Paulo. Centro de Energia Nuclear na Agricultura. Laboratório de Biologia Celular e Molecular
  • Leandro Fonseca de Souza Universidade de São Paulo. Centro de Energia Nuclear na Agricultura. Laboratório de Biologia Celular e Molecular
  • Naissa Maria Silvestre Dias Universidade de São Paulo. Centro de Energia Nuclear na Agricultura. Laboratório de Biogeoquímica Ambiental
  • Claudia Barros Monteiro-Vitorello Universidade de São Paulo.Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”. Laboratório de Genética de Microrganismos “Prof. João Lúcio de Azevedo”
  • Maria Carolina Quecine Universidade de São Paulo.Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”. Laboratório de Genética de Microrganismos “Prof. João Lúcio de Azevedo”
Palavras-chave: Processo de Ensino-Aprendizagem, Ensino Superior, Ciências, Protagonismo, Motivação.

Resumo

A genética é considerada uma das mais difíceis ciências para estudantes do ensino superior; assim, diferentes métodos de ensino devem ser utilizados para facilitar o seu processo de ensino-aprendizagem e tornar os alunos os protagonistas de seus saberes. Neste relato, foi avaliado o emprego de aulas práticas de laboratório como método de ensino na disciplina de Genética Molecular por meio das seguintes técnicas avaliativas: quizzes, questionário e observação em sala de aula. O conjunto de dados coletados em uma turma ao longo de um semestre demonstrou que o uso de aulas práticas favoreceu a aprendizagem dos conteúdos e procedimentos da pesquisa científica em genética molecular, além de aumentar a motivação dos alunos e promover o trabalho em grupo.
Publicado
2018-07-04
Como Citar
Venturini, A., Souza, L., Dias, N. M., Monteiro-Vitorello, C. B., & Quecine, M. C. (2018). Aulas Práticas de Laboratório como Método de Ensino de Genética Molecular. Revista De Graduação USP, 3(2), 81-85. https://doi.org/10.11606/issn.2525-376X.v3i2p81-85
Seção
Relatos