Sistema de dobramentos Piancó-Alto Brígida (PE-PB-CE), Regionalização geotectônica e geocronologia

Palavras-chave: Província Borborema, Sistema Piancó-Alto Brígida, Tectônica, Geocronologia U-Pb e Sm-Nd

Resumo

O Sistema de Dobramentos Piancó-Alto Brígida (SPAB) situa-se na porção central a centro-ocidental da Zona Transversal, da Província Borborema, nos Estados da Paraíba e do Pernambuco e em parte do Estado do Ceará. Trata-se do produto de um desenvolvimento orogenético na passagem Criogeniano-Ediacarano (630–580 Ma, acresção seguida de colisão), levando à inversão vigorosa de uma pretérita bacia de sedimentação marinha costeira. O limite ao norte é marcado pelo Lineamento de Patos e o ao sul é balizado pelo Lineamento Pernambuco. O contexto paleogeográfico (e litoestratigráfico) original é de reconstituição difícil devido aos eventos de deformação (pelo menos três fases) e metamorfismo, lateralmente variável de muito baixo, baixo a médio graus, seguidos de uma importante fase de tectônica extrusional tardia. O SPAB se encontra hoje geológico-geograficamente ramificado em diferentes faixas, separadas por alguns basement inliers, paleoproterozoicos/“terrenos”, expressivos em área e importantes partícipes dos eventos de deformação. Os principais litotipos presentes no SPAB se enquadram nas típicas assembleias quartzito-pelito-calcário (QPC) com a característica primordial da grande ritmicidade. Os gradientes metamórficos são de muito baixo, baixo e médio graus (nesse último caso, para o sul, faixa do interior de Pernambuco, “Supergrupo Salgueiro”). Nas zonas proximais dos contatos com o embasamento, consoante a linhas de falhas importantes, são registrados brechas e conglomerados polimícticos, arenitos imaturos, metagrauvacas e metacórseos (Formação Olhos d’Água). Embora haja várias contribuições, de diversas fontes, ao longo dos últimos 50 anos, em diferentes tempos e propósitos, uma discriminação da litoestratigráfica satisfatória ainda não foi possível. De sorte que todos os termos litoestratigráficos devem ser encarados como informais e provisórios. Múltiplos trabalhos de reconhecimento em geocronologia foram realizados aleatoriamente nesse sistema nas 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-12-17
Como Citar
Neves, B., Van Schmus, W., & Campos Neto, M. (2018). Sistema de dobramentos Piancó-Alto Brígida (PE-PB-CE), Regionalização geotectônica e geocronologia. Geologia USP. Série Científica, 18(4), 149-171. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9095.v18-142182
Seção
Artigos