Geologia e petrologia dos gnaisses da região de São Valério da Natividade, Tocantins

Palavras-chave: Faixa Brasília Setentrional, Gnaisses paleoproterozoicos, Fácies anfibolito, Geocronologia

Resumo

A região de São Valério da Natividade no estado de Tocantins está relacionada ao Maciço de Goiás e ao Bloco Cavalcante-Natividade, compondo embasamento da Faixa Brasília, constituída dominantemente de complexos gnáissicos migmatíticos paleoproterozoicos ortoderivados de composição granodiorítica a tonalítica. Localmente, ocorrem lentes de xistos metapelíticos, com porfiroblastos de granada e estaurolita, e quartzitos. Os gnaisses ortoderivados apresentam um bandamento contínuo com orientação NE-SW e mergulhos subverticais, enquanto os migmatitos são representados por metatexitos formados em regime compressional e sob influência de zonas de cisalhamento. A xistosidade dos metapelitos é paralela à dos gnaisses e sua associação mineralógica registra um pico metamórfico da fácies anfibolito superior com retrometamorfismo da fácies xisto verde. Com base nas foliações internas dos porfiroblastos de estaurolita dos metapelitos foi possível identificar duas fases de deformação dúctil. A terceira fase é marcada pela xistosidade dos metapelitos e pelo bandamento gnáissico. Uma quarta fase de deformação, de caráter rúptil, também pode ser observada. A composição química dos gnaisses ortoderivados sugere protólito granodiorítico, com características de suítes tonalitotrondhjemito-granodiorito (TTG) calcioalcalinas, contribuição de fusão parcial de fontes tipo MORB, no bloco crustal Cavalcante-Natividade e retrabalhamento crustal nos gnaisses do Maciço de Goiás. Os dados geocronológicos U-Pb de gnaisse ortoderivado em diagrama concórdia apresentam um intercepto superior de 2229 ± 13 Ma, interpretado como idade do protólito, e um intercepto inferior de 614 ± 85 Ma, interpretado como a idade do metamorfismo mais jovem. Idades de cristalização semelhantes foram obtidas para o Domínio Almas-Conceição do Tocantins, também relacionadas a suítes TTGs calcioalcalinas (Suíte Manoel Alves). A idade do metamorfismo é compatível com as idades estimadas para o Ciclo Brasiliano-Pan Africano na

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-06-13
Como Citar
Borges, G., Pierosan, R., & Viana, R. (2019). Geologia e petrologia dos gnaisses da região de São Valério da Natividade, Tocantins. Geologia USP. Série Científica, 19(2), 41-66. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9095.v19-146664
Seção
Artigos