Aplicação do método índice de susceptibilidade para estimativa da susceptibilidade à contaminação na Bacia hidrográfica dos rios Turvo, Santa Rosa e Santo Cristo

Palavras-chave: Água subterrânea, Índice de susceptibilidade, Recarga, Sistema Aquífero Serra Geral

Resumo

Em razão do elevado nível de contaminação das águas superficiais e da consequente diminuição da reserva hídrica potável, os mananciais de águas subterrâneas se mostram uma alternativa para suprir a demanda de água para consumo humano. Em virtude disso, é essencial o monitoramento das fontes potenciais de contaminação que podem afetar a qualidade ou a quantidade de água disponível. Desse modo, este estudo visou identificar potenciais áreas e fontes poluidoras do Sistema Aquífero da Serra Geral na escala da Bacia hidrográfica dos rios Turvo, Santa Rosa e Santo Cristo. Para isso, foi empregada a metodologia do índice de susceptibilidade à contaminação a partir do cruzamento de uma série de variáveis (topografia, uso do solo, material do aquífero, distância até o lençol freático e recarga). Os resultados indicaram que a  susceptibilidade variou de muito baixa (4,89% da área) a elevada (0,004%), com predomínio da classe moderada a baixa. Isso indica que a área apresenta condições favoráveis à contaminação em sua maior porção. Destaca-se que grande parte das áreas próximas às zonas urbanas apresentaram elevada susceptibilidade à contaminação. O presente estudo apresenta o alto potencial das ferramentas de geoprocessamento na determinação do índice de susceptibilidade e mapeamento de áreas passíveis de contaminação, capaz de aprimorar a gestão das águas subterrâneas e na elaboração de planos ambientais municipais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Agência Nacional de Águas (ANA). (2015a). Atlas água e esgotos. Brasília, ANA.

Agência Nacional de Águas (ANA). (2015b). Panorama das águas: águas subterrâneas. Disponível em: <http://www3.ana.gov.br/portal/ANA/panorama-das-aguas/quantidade-daagua/agua-subterranea>. Acesso em: 11 fev. 2019.

Aller, L., Bennet, T., Lehr, J. H., Petty, R. J. (1987). DRASTIC: a standardized system for evaluating groundwater pollution potential using hydrogeologic settings. 600/2-87/035. EPA., 58p.

Anane, M., Abidi, B., Lachaal, F., Limam, A., Jellali, S. (2013). GIS-based DRASTIC, Pesticide DRASTIC and the Susceptibility Index (SI): comparative study for evaluation of pollution potential in the Nabeul-Hammamet shallow aquifer, Tunisia. Hydrogeology Journal, 21(3), 715-731. https://doi.org/10.1007/s10040-013-0952-9

Borba, W. F., Silva, J. L. S., Allasia, D. G., Rosa, C. R., Favaretto, J. R., Ribeiro, L. F. T. (2016). Geoprocessamento Aplicado à Determinação do Índice de Susceptibilidade das Captações por Poços Tubulares do Sistema Aquífero Serra Geral em Frederico Westphalen - Rio Grande do Sul - Brasil. Anuário do Instituto de Geociências, 39(3), 79-88. https://doi.org/10.11137/2016_3_79_88

Brasil. Ministério do Meio Ambiente. (2006). Caderno da região hidrográfica do Uruguai. Brasília, MMA. 128 p.

Chrispim, Z. M. P. (2016). Análise da Vulnerabilidade e Caracterização Hidrogeoquímica dos Aquíferos Livres Rasos da Parte Emersa da Bacia Sedimentar de Campos. Tese (Doutorado). Campos dos Goytacazes: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, 24 p.

Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM). (2004). Mapa de Domínios e Subdomínios Hidrogeológicos do Brasil - Escala 1:2.500.000. Porto Alegre, CPRM.

Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM). (2006). Mapa Geológico do Rio Grande do Sul, Escala 1:750.000. Brasília, CPRM.

Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM). (2018). Sistema de Informações de Águas Subterrâneas (SIAGAS). Disponível em: <http://siagasweb.cprm.gov.br/layout/>. Acesso em: 20 maio 2015.

Costa, M. L. M. C., Ribeiro, M. M. R., Rêgo, J. C. R., Albuquerque, J. do P. T. (2011). Preposição de critérios de outorga para águas subterrâneas – Brasil. Revista Brasileira de Recursos Hídricos, 16(1), 105-113. https://doi.org/10.21168/rbrh.v16n1.p105-113

Francés, A., Paralta, E., Fernandes, J., Ribeiro, L. (2001). Development and application in the Alentejo region of a method to assess the vulnerability of groundwater to diffuse agricultural pollution: the susceptibility index. 3rd International Conference on Future Groundwater Resources at Risk (FRG’01). Proceedings... Lisboa, CVRM/IST, p. 35-44.

Foster, S., Hirata, R., Gomes, D., D’Elia, M., Paris, M. (2002). Groundwater quality protection: a guide for water utilities, municipal authorities, and environment agencies. Washington: The World Bank, 114 p.

Foster, S., Hirata, R., Gomes, D., D’Elia, M., Paris, M. (2006). Proteção da qualidade da água subterrânea: um guia para empresas de abastecimento de água, órgãos municipais e agências ambientais. Washington: Banco Mundial, 115 p.

Freitas, M. A., Binotto, R. B., Nanni, A. S., Rodrigues, A. L. M., Bortoli, C. R. (2012). Avaliação do Potencial Hidrogeológico, Vulnerabilidade Intrínseca e Hidroquímica do Sistema Aquífero Serra Geral no Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – Brasil. Revista Brasileira de Recursos Hídricos, 17(2), 31-41. https://doi.org/10.21168/rbrh.v17n2.p31-41

Fundação Estadual de Proteção Ambiental Luiz Carlos Roessler (FEPAM). (2005). Arquivo digital para uso em SIG - Base cartográfica digital do RS 1:250. Disponível em: <http://www.fepam.rs.gov.br/biblioteca/geo/bases_geo.asp>. Acesso em: 10 fev. 2019.

Fundação Estadual de Proteção Ambiental Luiz Carlos Roessler (FEPAM). (2019a). U30 - Turvo/Santa Rosa/Santo Cristo. FEPAM. Disponível em: <http://www.fepam.rs.gov.br/qualidade/bacia_uru_turvo.asp>. Acesso em: 29 out. 2019.

Fundação Estadual de Proteção Ambiental Luiz Carlos Roessler (FEPAM). (2019b). Licenciamento Ambiental. FEPAM. Disponível em: <http://www.fepam.rs.gov.br/licenciamento/Area1/default.asp>. Acesso em: 29 out. 2019.

Governo do Estado do Rio Grande do Sul. (2011). Elaboração de serviço de consultoria relativo ao processo de planejamento no uso da água na bacia hidrográfica dos rios Turvo - Santa Rosa - Santo Cristo - Enquadramento. Relatório Técnico 1:Atividades preliminares - RT1. Porto Alegre, Engeplus, 391 p.

Guiguer, N., Kohnke, M. W. (2001). Métodos para determinação da vulnerabilidade de aquíferos. XII Congresso Brasileiro de Águas Subterrâneas. 13 p. Hausman, A. (1995). Esboço Hidrogeológico do Rio Grande do Sul – Brasil. Acta Geologica Leopoldensia, 37-71.

Heath, R. C. (1982). Basic ground-water hydrology. Water supply paper. Denver: USGS, 86 p.

Lunardi, S. (2018). Susceptibilidade a contaminação do Aquífero Serra Geral no município de Sarandi-RS. TCC (Graduação). Frederico Westphalen: Graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária, Universidade Federal de Santa Maria.

Machado, J. L. F., Freitas, M. A. (2005). Projeto mapa hidrogeológico do Estado do Rio Grande do Sul: escala 1:750.000, relatório final. Porto Alegre, CPRM, 65 p.

Motter, A. F.C., Foleto, E. M. (2010). Um olhar sobre a gestão dos recursos hídricos: o caso do comitê de gerenciamento da Bacia Hidrográfica dos Rios Santa Rosa, Santo Cristo e Turvo - noroeste do Rio Grande do Sul. Perspectiva, 34(126), 143-155.

Nanni, A. S., Freitas, M. A., Tedesco, M. A., Binotto, R. B. (2005). Vulnerabilidade natural e risco de contaminação do aquífero Serra Geral pela suinocultura na região das missões - RS. Brasil. XVI Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos. Anais... João Pessoa. p. 70-85.

Peralta, E., Francés, A., Ribeiro, L. F. (2005). Avaliação da vulnerabilidade do Sistema Aquífero dos Gabros de Beja e análise crítica das redes de monitorização no contexto da directiva quadro da água. VII Simpósio de Hidráulica e Recursos Hídricos dos Países de Língua Oficial Portuguesa. Anais... Évora, APRH, p. 14.

Peralta, E., Oliveira, M., Batista, S., Francés, A., Ribeiro, L., Cerejeira, M. J. (2001). Aplicação de SIG na avaliação da vulnerabilidade aquífera e cartografia da contaminação agrícola por pesticidas e nitratos na região do Ribatejo. Seminário a Hidroinformática em Portugal. Anais... Lisboa, LNEC, p. 16.

Pereira, E. R., Demarchi, J. J. A. A., Budiño, F. E. L. (2009). A questão ambiental e os impactos causados pelos efluentes da suinocultura – Brasil. Infobibos, Informações Tecnológicas, 7(1), 18-20. Disponível em: <http://www.infobibos.com/Artigos/2009_3/QAmbiental/index.htm>. Acesso em: 3 fev. 2020.

Poeta, A. S., Santiago Neto, W., Vergara, E. N., Cavagni, G. M., Correa, A. M. R., Santos, D. V. dos. (2014). Panorama da suinocultura no Rio Grande do Sul - Informativo técnico número 7, ano 5. Porto Alegre, SEAPA.

Rebouças, A. C. (2008). Importância da água subterrânea. In: F. A. C. Feitosa, J. Manoel Filho, E. C. Feitosa, J. G. A. Demetrio. Hidrogeologia: conceitos e aplicações. Rio de Janeiro: CPRM/LABHIDRO, 812 p.

Rebouças, A. C., Braga, B., Tundisi, J. G. (2002). Águas doces do Brasil: capital ecológico, uso e conservação. São Paulo: Escrituras, 732 p.

Ribeiro, L. F. (2005). Um novo índice de vulnerabilidade específico de aquíferos – formulações e aplicações. VII Simpósio de Hidráulica e Recursos Hídricos dos Países de Língua Oficial Portuguesa. Anais... Évora, APRH, p. 14.

Ribeiro, L., Pindo, J. C., Dominguez-Granda, L. (2017). Assessment of groundwater vulnerability in the Daule aquifer, Ecuador, using the susceptibility index method. Science of the Total Environment, 574, 1674-1683. https://doi.org/10.1016/j.scitotenv.2016.09.004

Richards, J. A., Jia X. (2006). Remote Sensing Digital Image Analysis: An Introduction. Berlim: Springer.

Secretaria do Meio Ambiente do Estado do Rio Grande do Sul (SEMA) (2004). Mapa das Bacias Hidrográficas e Municípios do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, SEMA.

Stigter, T. Y., Ribeiro, L., Carvalho Dill, A. M. M. (2006). Evaluation of an intrinsic and a specific vulnerability assessment method in comparison with groundwater salinisation and nitrate contamination levels in two agricultural regions in the south of Portugal. Hydrogeology Journal, 14, 79-99. https://doi.org/10.1007/s10040-004-0396-3

United States Geological Survey (USGS). (2004). Shuttle Radar Topography Mission, 1 Arc Second Scene Srtm1s28w054v3, Unfilled Unfinished 2.0, Global Land Cover Facility. Maryland: University of Maryland.

U.S. Department of the Interior. NASA Landsat Program. (2013). Landsat ETM+ cena LC82230792013112LGN01, L1T, USGS, Sioux Falls. Disponível em: <http://earthexplorer.usgs.gov/>. Acesso em: 10 dez. 2018.

Veríssimo, A. C. F. (2010). Hidroquímica, vulnerabilidade e protecção do aquífero de torres vedras. Dissertação (Mestrado). Lisboa: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Geológica, Universidade de Lisboa, 140 p.

Xavier, R. A., Coelho Netto, A. L. (2014). Caracterização Geomorfológica da bacia do Rio Turvo-RJ: Médio Vale do Rio Paraíba do Sul (MVPRS)/Geomorphological characterization of the Turvo river basin-RJ: The Middle Paraíba do Sul River Valley (MVRPS). Revista Brasileira de Geomorfologia, 15(1), 35-45. https://doi.org/10.20502/rbg.v15i1.372

Publicado
2020-05-12
Como Citar
Borba, W., Ruchel, B., Menegazzo, K., Peil, L., & Rosa, C. (2020). Aplicação do método índice de susceptibilidade para estimativa da susceptibilidade à contaminação na Bacia hidrográfica dos rios Turvo, Santa Rosa e Santo Cristo. Geologia USP. Série Científica, 20(1), 125-136. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9095.v20-160797
Seção
Artigos