Contribuição ao conhecimento da evolução geológica do Sistema Riacho do Pontal – PE, BA, PI

  • Benjamim Bley de Brito Neves Universidade de São Paulo. Instituto de Geociências
  • William Randall Van Schmus University of Kansas. Department of Geology
  • Luiz Alberto Aquino Angelim Serviço Geológico do Brasil. Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais. Superintendência Regional de Recife
Palavras-chave: Sistema Riacho do Pontal, Província Borborema, Neoproterozoico, Toniano, Evolução tectônica.

Resumo

O Sistema Riacho do Pontal (SRP) é a parte central de um desenvolvimento orogênico neoproterozoico na periferia norte do Cráton do São Francisco (CSF), de nordeste (Faixa Sergipana) para noroeste (Faixa Rio Preto). O embasamento do antepaís (CSF) e do além-país (Morro do Estreito-Icaiçara) são constituídos em parte por rochas arqueanas, e desse terreno para a zona interna há registros de supracrustais e ortognaisses do Toniano (Ciclo Cariris Velhos?). O SRP apresenta notório zoneamento de norte para sul: além-país; zona interna (litotipos terrígenos); zona central (marcadas por rochas do assoalho oceânico); zona externa (litotipos terrígenos) e o domínio cratônico (CSF), com a presença de largo (> 200 km) foreland thrust and fold belt, mais para o sul, formado pela cobertura pelítico-carbonática do CSF. A deformação é intensa e apresenta vergência voltada para sul e sudeste, com dobras recumbentes e deitadas, falhas inversas e de empurrão, nappes e particularmente o registro de algumas klippen sobre o embasamento do CSF. O metamorfismo regional é geralmente na fácies anfibolito, com retrogressões locais a fácies xisto verde. Este trabalho apresenta uma série de determinações geocronológicas (métodos Rb-Sr, Sm-Nd e U-Pb) de praticamente todos os litotipos de embasamento, das supracrustais e dos granitos sincolisionais associados. Foram discriminados um substrato arqueano (além-país, idades neoarqueanas entre 2740 – 2624 Ma) e duas faixas meta-vulcanossedimentares com granitoides inseridos do Neoproterozoico, uma do Eotoniano (980 – 940 Ma) e outra do limite Criogeniano -Ediacarano (ca. 635 Ma). Um ensaio preliminar da evolução geotectônica do SRP é esboçado em termos “wilsonianos” para essa porção mais sul-ocidental da Província Borborema, atribuída a um sistema regional ramificado de orógenos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Benjamim Bley de Brito Neves, Universidade de São Paulo. Instituto de Geociências
Instituto de Geociências, Universidade de São Paulo - USP, Rua do Lago 562 - Cidade Universitária, CEP 05508-080, São Paulo, SP, BR
Luiz Alberto Aquino Angelim, Serviço Geológico do Brasil. Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais. Superintendência Regional de Recife
Serviço Geológico do Brasil, Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais - CPRM, Superintendência Regional de Recife, Recife, PE, BR
Publicado
2015-03-26
Como Citar
Neves, B., Schmus, W., & Angelim, L. A. (2015). Contribuição ao conhecimento da evolução geológica do Sistema Riacho do Pontal – PE, BA, PI. Geologia USP. Série Científica, 15(1), 57-93. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9095.v15i1p57-93
Seção
Artigos