Me diz, com o quê que cê sonha?

Autores

  • Marina Puzzilli Comin Universidade de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1982-7547.hd.2022.176367

Palavras-chave:

sonho, ilustração

Resumo

Qual a importância do sonho na criação e transformação da realidade? Ailton Krenak diz que em muitas culturas a experiência do sonho não se limita ao dormir e sonhar, mas é percebida como um exercício de buscar no sonho respostas e orientações para nossos dilemas e decisões do cotidiano “acordado”. O sonho traz uma abertura de sentidos e perspectivas para pensar um amanhã diferente do ontem, para imaginar uma vida outra. Ele fala sobre o sonho como uma “suspensão do céu”, um exercício de ampliação do nosso horizonte existencial quando a sensação de que céu e terra estão próximos demais for sufocante. Uns tem tempo para sonhar, outros só vivem acordados, e mais tantos têm a vida interrompida no meio do sonho. O mecanismo que nos quer rodando nessa dança sem graça e violenta quer acabar com os sonhos: “Pregam o fim do mundo como uma possibilidade de fazer a gente desistir dos nossos próprios sonhos. E a minha provocação sobre adiar o fim do mundo é exatamente poder contar mais uma história.” (KRENAK, 2019. p. 14) Essa obra surge com a motivação de se fazer viver os sonhos, de resgatar esses contos. Me diz, com o quê que cê sonha?

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

KRENAK, Ailton. Ideias para adiar o fim do mundo. Editora Companhia das Letras, 2019.

Downloads

Publicado

2022-04-27

Como Citar

Comin, M. P. . (2022). Me diz, com o quê que cê sonha?. Humanidades Em diálogo, 11, 268-270. https://doi.org/10.11606/issn.1982-7547.hd.2022.176367

Edição

Seção

Diálogos