O romance em Angola: ficção e história em Pepetela

Autores

  • Giselle Larizzatti Agazzi USP; Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-1616.v12i13p191-208

Palavras-chave:

Angola, Ficção, História, Romance, Pepetela

Resumo

A formação do romance em Angola dialoga com a formação da própria nação angolana. Ficção e História mantêm, assim, estreita relação, que pode ser conhecida através da obra de Pepetela, um dos escritores mais importantes do país desde os anos que antecederam a independência. O que se pretende neste texto é apontar para como as suas narrativas, lidas em conjunto, descrevem, temática e esteticamente, um movimento que oscila entre as perspectivas revolucionárias e a mais profunda melancolia, experimentada com a falência do projeto de construção de uma sociedade justa e igualitária. A fim de iluminar o imaginário social veiculado pelos romances de Pepetela, tem-se a crítica de cultura materialista como referencial teórico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2006-12-01

Edição

Seção

nao definida