A constituição do acervo da biblioteca da Penitenciária de Florianópolis

Autores

  • Amabile Costa Universidade Federal de Santa Catarina
  • Camila Monteiro de Barros Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2178-2075.v10i2p55-70

Palavras-chave:

Biblioteca prisional, Análise de Bardin, Desenvolvimento de coleção

Resumo

O presente estudo trata da dissertação em andamento intitulada “Constituição do acervo da Biblioteca da Penitenciária de Florianópolis, tendo como objetivo geral analisar a constituição do acervo da biblioteca da Penitenciária de Florianópolis. A pesquisa caracteriza-se como qualitativa, documental e exploratória, para alcançar alguns objetivos específicos, utilizou-se a Análise de Conteúdo proposta por Bardin para analisar os dados coletados. Em relação a fundamentação teórica, as legislações sobre a educação e as bibliotecas prisionais em âmbito nacional são apresentadas, bem como, a leitura e o acervo dentro dos espaços de privação de liberdade. No que concerne aos resultados parciais, percebe-se que o diversas temáticas são contempladas no acervo, a Biblioteca da Penitenciária de Florianópolis utiliza o software Biblivre para gerenciar seu acervo e aplica a Classificação Decimal Universal para procedimentos de classificação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-01-22

Como Citar

COSTA, A.; BARROS, C. M. de. A constituição do acervo da biblioteca da Penitenciária de Florianópolis. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, [S. l.], v. 10, n. 2, p. 55-70, 2019. DOI: 10.11606/issn.2178-2075.v10i2p55-70. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/incid/article/view/164336. Acesso em: 19 out. 2020.

Edição

Seção

Artigos