Tensões epistemológicas na Bibliografia e na Documentação: os diferentes olhares de Otlet e Ranganathan

Autores

  • Igor Soares Amorim Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Rodrigo Sales Universidade Federa Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2178-2075.v12i2p4-31

Palavras-chave:

Bibliografia, Documentação, Otlet, Ranganathan, Biblioteconomia

Resumo

A compreensão epistemológica a respeito da Bibliografia e da Documentação apresenta perspectivas distintas quanto à natureza das mesmas. Vistas concomitantemente como atividades e como disciplinas, Bibliografia e Documentação foram abordadas de formas diferentes por importantes pensadores do campo informacional, especialmente por Otlet e Ranganathan. Neste contexto, apresentamos um estudo que teve por objetivo investigar a compreensão que Otlet e Ranganathan tiveram a respeito da Bibliografia e da Documentação e como ambos as relacionaram com a Biblioteconomia. Do ponto de vista metodológico, foi realizada uma análise comparativa entre as obras Traité de Documentation (1934), de Otlet, e os livros Social Bibliography or Phisical Bibliography for Librarians (1952) e Documentation: Genesis and Development (1973), de Ranganathan. Os resultados apontaram que, para Otlet, Bibliografia e Documentação eram diferentes estágios de um movimento científico evolutivo que avançara de uma dimensão processual para uma dimensão metodológico-científica, desligando-se da Biblioteconomia e se inserindo na chamada Bibliologia. Para Ranganathan, a Documentação era um conjunto de atividades análogas à catalogação e ao serviço de referência (atividades biblioteconômicas) e a Bibliografia, dotada de maior cientificidade que a Documentação, estava voltada à produção bibliográfica e seu papel na comunicação social, alicerçada também pela Biblioteconomia. Concluímos que o discurso emancipatório de Otlet abriu espaço para a instauração de uma ciência do documento (Documentação), ao passo que o discurso de Ranganathan conferiu autoridade científica à Biblioteconomia para lidar tanto com a Documentação quanto com a Bibliografia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Igor Soares Amorim, Universidade do Estado de Santa Catarina

Doutor em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, Brasil.

Professor substituto da Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, Brasil

Rodrigo Sales, Universidade Federa Fluminense

Doutor em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Brasil.

Professor permanente Pós-Graduação da Universidade Federal Fluminense – UFF, Brasil.

Referências

ARAÚJO, A. V. F. Pioneirismo bibliográfico em um polímeta do séc. XVI: Conrad Gesner. Informação & informação, Londrina, v. 20, n. 2, p. 118-142, 2015.

BURKE, P. Problemas causados por Gutenberg: a explosão da informação nos primórdios da Europa moderna. Estudos avançados, São Paulo, v. 16, n. 44, p. 173-185, 2002.

CRIPPA, G. Cassiodoro e as Institutiones Divinarum Litterarum como fonte histórica para a discussão sobre práticas bibliográficas e organização do conhecimento. Informação & informação, Londrina, v. 20, n. 2, p. 86-117, 2015.

LARA, M. L. G. Conceito de bibliografia, ou conceitos de bibliografia? Informação & informação, Londrina, v. 23, n. 2, p. 127-151, 2018.

MANGUEL, A. A biblioteca à noite. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.

McKENZIE, D. F. Bibliografia e a sociologia dos textos. São Paulo: EDUSP, 2018.

ORTEGA, C. D. Relações históricas entre biblioteconomia, documentação e ciência da informação. Datagramazero: revista de ciência da informação, Rio de Janeiro, v. 5, n. 5, 2004.

OTLET, P. The science of bibliography and documentation. [1903]. In: RAYWARD, W.B. (Ed.). International Organization and Dissemination of Knowledge: selected essays of Paul Otlet. Amsterdã: Elsevier, 1990. p. 71-86.

OTLET, P. Documentos e documentação. Trad. de Hagar Espanha. Paris, 1937. Introdução aos trabalhos do Congresso Mundial da Documentação Universal, realizado em Paris, em 1937. Disponível em: http://www.conexaorio.com/biti/otlet/index.htm. Acesso em: 01 ago. 2020.

OTLET, Paul. Tratado de documentação: o livro sobre o livro teoria e prática. Brasília: Briquet de Lemos, 2018.

PIEDADE, M. A. R. Introdução à teoria da classificação. 2. ed. Rio de Janeiro: Interciência, 1983.

RANGANATHAN, S. R. Social bibliography or phisical bibliography for librarians. Delhi: University of Delhi, 1952.

RANGANATHAN, S. R. Documentation: genesis and development. Nova Delhi: Ess Ess Publications; Bangalore: Sarada Ranganathan Endowment, 1973.

RAYWARD, W. B. The universe of information. The work of Paul Otlet for Documentation and International Organisation. Moscow: VINITI, 1975.

ROBERSON, M. A brief history of bibliographies. Social Epistemology, Abingdon, v. 15, n.1, p. 5–8, 2001.

SALES, R. Ranganathan e a mudança no trajeto das classificações de biblioteca. In: LUCAS, E. R. O.; CORRÊA, E. C. D.; EGGERT-STEINDEL, G. As contribuições de Ranganathan para a Biblioteconomia: reflexões e desafios. São Paulo: FEBAB, 2016, p. 57-71.

SALES, R. et al. The contribution of James Duff Brown to the analytic-synthetic method: comparisons with Otlet, Kaiser, and Ranganathan. NASKO, Philadelphia, v. 7, p. 1-6, 2019.

SALES, R.; GUIMARÃES, J. A. C. O método analítico-sintético de Julius Kaiser: um pioneirismo para o tratamento temático da informação. Transinformação, Campinas, v. 29, n. 2, p. 125-139, 2017. DOI: 10.1590/2318-08892017000200001. Acesso em: 15 ago. 2020.

SALES, R.; MURGUIA, E. I. Instaurações discursivas da organização do conhecimento: H. E. Bliss e a International Society for Knowledge Organization (ISKO). Ciência da Informação, Brasília, v.44 n.3, p.396-415, 2015.

SILVA, A. M; RIBEIRO, F. Das Ciências documentais à ciência da informação: ensaio epistemológico para um novo modelo curricular. Porto: Afrontamento, 2002.

SORDET, Y. Da argila à nuvem: uma história dos catálogos de livro (II milênio-século XXI). São Paulo: Ateliê, 2019.

WOLEDGE, G. Historical studies in documentation: 'bibliography' and 'documentation': words and ideas. Journal of Documentation, London, v. 39, n. 4, 1983.

YOGESHWAR, R. S. R. Ranganathan: pragamatic philosopher of information science: a personal biography. Mumbai, Índia: Bharatiya Vidya Bhavan, 2001

Downloads

Publicado

2021-11-30

Como Citar

AMORIM, I. S.; SALES, R. . Tensões epistemológicas na Bibliografia e na Documentação: os diferentes olhares de Otlet e Ranganathan. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, [S. l.], v. 12, n. 2, p. 4-31, 2021. DOI: 10.11606/issn.2178-2075.v12i2p4-31. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/incid/article/view/183145. Acesso em: 2 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos