A Filosofia da informação e a Sociedade da informação e do conhecimento: reflexões diante do progresso tecnológico

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2178-2075.v12i2p32-51

Palavras-chave:

Filosofia da Informação, Sociedade da Informação, Tecnologia de Informação e Comunicação; Informação Tecnológica

Resumo

As tecnologias de informação e comunicação tem alterado a vida cotidiana e transformado o conceito ‘informação’ em um conceito interdisciplinar, presente em diversos domínios e que desempenha um papel central na sociedade contemporânea. Nesse contexto, surge o campo científico denominado ‘Filosofia da Informação’ como uma nova proposta de investigação para a geração de conhecimento teórico, tendo como base e enfoque a informação, assim como a elaboração de metodologias informacionais e computacionais e a aplicação destas a problemas filosóficos. Diante disso, apresenta-se uma revisão de literatura inicial que busca destacar o panorama da Filosofia da Informação e a sua relação com a Sociedade da Informação e do Conhecimento, procurando contribuir para uma melhor compreensão deste campo neste contexto social e tecnológico. Observou-se que a Filosofia da Informação tem se consolidado como um campo de investigação autônoma que versa sobre questões emergências da Sociedade da Informação e do Conhecimento e, assim, desperta a necessidade de reflexões sobre como a sociedade se comporta diante do progresso tecnológico. Discussões tem ocorrido de modo crescente no âmbito da área da Ciência da Informação, sendo esta apresentada como uma área promissora e com relatos sobre sua importância, entretanto ainda há lacunas a serem estudadas e respondidas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Késsia Rita da Costa Marchi, Universidade Estadual Paulita 'Júlio de Mesquita Filho" - UNESP

Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista – UNESP, campus de Marília. Brasil.

Docente Ensino Básico, Técnico e Tecnológico do Instituto Federal do Paraná – campus Paranavaí, Brasil.

Marta Lígia Pomim Valentim, Universidade Estadual Paulita 'Júlio de Mesquita Filho" - UNESP

Professora Titular da Universidade Estadual Paulista (Unesp). Pós-Doutorado pela Universidad de Salamanca (USAL), Espanha. Livre Docente em Informação, Conhecimento e Inteligência Organizacional pela Unesp. Doutora em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (USP).

Leonardo Castro Botega, Universidade Estadual Paulita 'Júlio de Mesquita Filho" - UNESP

Doutor em Ciência da Computação pela Universidade Federal de São Carlos - UFSCar com Pós-doutorado pela Universidade de São Paulo - USP. Membro Permanente do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação da UNESP-Marília. Pesquisador Colaborador do Instituto de Computação da UNICAMP. Líder do Grupo de Interação Humano-Computador (GIHC) - UNESP. Revisor de periódicos nas áreas de fusão de dados, sistemas críticos de tomada de decisão, web-semântica e sistemas de informação. Tem experiência acadêmica nos seguintes temas: Fusão de Dados e Informações, Mineração de Dados, Qualidade de Dados e Informações, Websemântica, Gestão de Dados Críticos e Sistemas Críticos de Tomada de Decisão. Obteve diversas publicações em eventos e periódicos nacionais e internacionais, além de orientar diversos trabalhos de graduação, mestrado e doutorado com bolsa CAPES, CNPq e FAPESP. 

Referências

ALMEIDA, M. C. A. As tecnologias da informação e comunicação (TIC), os novos contextos de ensino-aprendizagem e a identidade profissional dos professores. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 89, n. 221, p. 30-46, jan./abr. 2008. Disponível em: http://rbepold.inep.gov.br/index.php/rbep/article/view/723/699. Acesso em: 12 mar. 2021.

BARRETO, A. A. O tempo e o espaço da sociedade da informação no Brasil. Informação & Informação, Londrina, v. 8, n. 1, p. 5-13, jan./jun. 2003. Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel//index.php/informacao/article/view/1707/1458. Acesso em: 5 maio 2021.

BORGES, M. A. G. A compreensão da sociedade da informação. Ciência da Informação, Brasília, v. 29, n. 3, p. 25-32, set./dez. 2000. Disponível em: http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/870/904. Acesso em: 12 mar. 2021.

BOTTENTUIT JÚNIOR, J. B.; COUTINHO, C. P. A educação a distância para a formação ao longo da vida na sociedade do conhecimento. In: BARCA, A. et al. (Eds.). Libro de actas do congreso internacional galego-portugués de psicopedagoxía. La Coruña: Universidade da Coruña, 2007. Disponível em: http://repositorium.sdum.uminho.pt/bitstream/1822/7056/1/EAD.pdf. Acesso em: 12 mar. 2021.

CAPURRO, R.; HJØRLAND, B. O conceito de informação. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 12, n. 1, p. 148-207, jan./abr. 2007. Disponível em: http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/view/54/47. Acesso em: 12 mar. 2021.

CEZAR, K. G.; SUAIDEN, E. J. O impacto da sociedade da informação no processo de desenvolvimento. Informação & Sociedade: Estudos, João Pessoa, v. 27, n. 3, p. 19-29, set./dez. 2017. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/ies/article/download/ 34305/18967. Acesso em: 19 jul. 2021.

FLORIDI, L. What is the philosophy of information? Metaphilosophy, Malden, v. 33, n. 1/2, p. 123-145, Jan. 2002. Disponível em: https://www.jstor.org/stable/24439320. Acesso em: 12 mar. 2021.

FLORIDI, L. Open problems in the philosophy of information. Metaphilosophy, v. 35, n. 4, p. 554-582, Jul. 2004. Disponível em: https://doi.org/10.1111/j.1467-9973.2004.00336.x. Acesso em: 12 mar. 2021.

FLORIDI, L. Semantic conceptions of information. In: ZALTA, Edward N. (ed.). The Stanford encyclopedia of philosophy (spring 2017 edition). 2017. Disponível em https://plato.stanford.edu/archives/spr2017/entries/informationsemantic/. Acesso em: 12 mar. 2021.

FLORIDI, Luciano. The philosophy of information. Oxford: Oxford University Press, 2011.

FLORIDI, L. Biblioteconomia e Ciência da informação (BCI) como filosofia da informação aplicada: uma reavaliação. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, Ribeirão Preto, v. 1, n. 2, p. 37-47, jul./dez. 2010b. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/incid/article/view/42318/45989. Acesso em: 5 maio 2021.

FLORIDI, L. Information: a very short introduction. Oxford: Oxford University Press, 2010c.

FRANCELIN, M. M.; PELLEGATTI, C. Filosofia da informação: reflexos e reflexões. Transinformação, Campinas, v. 16, n. 2, p. 123-132, maio/ago. 2004. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/tinf/v16n2/02.pdf. Acesso em: 12 mar. 2021.

FREITAS, Lídia Silva de. A memória polêmica da noção de sociedade da informação e sua relação com a área de informação. Informação & Sociedade: Estudos, João Pessoa, V. 12, n.2, 2002. Disponível em https://brapci.inf.br/_repositorio/2010/11/pdf_dfa3bcd054_0013354 .pdf Acesso em: 19 jul. 2021.

ILHARCO, F. Filosofia da informação: uma introdução à informação como fundação da acção da comunidade e da decisão. Lisboa: Universidade Católica, 2003.

ILHARCO, F. Filosofia da informação: alguns problemas fundadores. In: SOPCOM, 3.; LUSOCOM, 6.; IBÉRICO, 2., 2005. Actas... [S.l.]: [S.n.], 2005. v. 2. Disponível em: http://docplayer.com.br/74386521-Filosofia-da-informacao-alguns-problemas-fundadores-fernando-ilharco-1.html. Acesso em: 12 mar. 2021.

LEITE, L. R. T.; MATOS, J. C. M. Zumbificação da informação: a desinformação e o caos informacional. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 13, n. esp., p. 2334-2349, 2017. Disponível em: https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/918/941. Acesso em: 12 mar. 2021.

LEITE, L. R. T. Confiabilidade informacional: a filosofia da informação e o desenvolvimento da leitura crítica no ambiente virtual. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-graduação em Gestão da Informação, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Centro de Ciências Humanas e da Educação, Florianópolis, 2018. Disponível em: http://www.bu.ufsc.br/teses/UDESC0036-D. Acesso em: 16 jul. 2021.

MONTOYA-MOGOLLÓN, J. B.; MADIO, T. C. C. Sociedade tecnológica da informação. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 19., 2018, Londrina. Anais eletrônicos... Londrina: ANCIB; UEL, 2018. Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/102258. Acesso em: 27 abr. 2021.

PELLEGRINI, E.; VITORINO, E. V. A dimensão ética da competência em informação sob a perspectiva da Filosofia. Perspectivas em Ciência da informação, Belo Horizonte, v. 23, n. 2, p. 117-133, out./dez. 2018. Disponível em: http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/view/2953/2072. Acesso em: 12 mar. 2021.

REVOREDO, T. M. A filosofia da informação no Brasil: uma representação dos artigos cinéticos produzidos entre os anos 1972 e 2013. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 15., 2014, Belo Horizonte. Anais Eletrônico... Belo Horizonte: ANCIB; UFMG, 2014. Disponível em: http://hdl.handle.net/123456789/3082. Acesso em: 5 maio 2021.

REVOREDO, T. M. A filosofia da informação na Ciência da informação brasileira: uma análise da repercussão da teoria de Luciano Floridi. 2015. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2015. Disponível em: https://repositorio.ufpe.br/bitstream/123456789/17213/1/DISSERTA%c3%87%c3%83O%20T%c3%balio%20de%20Morais%20Revoredo.pdf. Acesso em: 12 mar. 2021.

RIPOLL, L.; MATOS, J. C. M. Desinformação e informação semântica: a filosofia da informação e o pensamento de Luciano Floridi na contribuição à confiabilidade informacional. Em Questão, Porto Alegre, v. 26, n. 2, p. 211-232, maio/ago. 2020. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/EmQuestao/article/view/90428/56062. Acesso em: 5 maio 2021.

RODRIGUES, A. Os ecossistemas comunicacionais e filosofia da informação: a relação da cultura indígena com as redes sociais. In: CONGRESSO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO NA REGIÃO NORTE, 15., 2016. Anais eletrônicos... Boa Vista: INTERCOM, 2016. 9 p. Disponível em: https://www.portalintercom.org.br/anais/norte2016/resumos/R49-0597-1.pdf. Acesso em: 12 mar. 2021.

ROZA, R. H. Ciência da informação, tecnologia e sociedade. Biblos: Revista do Instituto de Ciências Humanas e da Informação, Rio Grande, v. 32, n. 2, p. 177-190, jul./dez. 2018. Disponível em: https://periodicos.furg.br/biblos/article/view/7546/5861. Acesso em: 5 maio 2021.

SALCEDO, D. A.; REVOREDO, T. M. O estado da arte da Filosofia da informação na Ciência da informação brasileira. DataGramaZero, Rio de Janeiro, v. 14, n. 6, p. 1-15, dez, 2013. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/article/download/50775. Acesso em: 12 mar. 2021.

SANTOS, P. L. V. A. C.; CARVALHO, A. M. G. Sociedade da informação: avanços e retrocessos no acesso e no uso da informação. Informação & Sociedade: Estudos, João Pessoa, p. 45-55, 2009.

SARACEVIC, T. Relevance: a review of and a framework for the thinking on the notion in information science. Journal of the American Society for Information Science, Hoboken, Nova Jersey, v. 26, n. 6, p. 321-343, Nov./Dec. 1975. Disponível em: https://doi.org/10.1002/asi.4630260604. Acesso em: 12 mar. 2021.

VIEIRA, E. M. F. Fluxo informacional como processo à construção de modelo de avaliação para implantação de cursos em educação a distância. 2006. 182f. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2006. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/bitstream/handle/123456789/88291/233747.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 12 mar. 2021.

WILKE, V. C. L. Filosofia e informação: dos muitos sentidos de informação e algumas abordagens filosóficas-contribuições para a epistemologia da informação. Informação Arquivística, Rio de Janeiro, v. 1, n. 1, p. 91-112, jul./dez. 2012. Disponível em: http://www.aaerj.org.br/ojs/index.php/informacaoarquivistica/article/view/7/6. Acesso em: 5 maio 2021.

Downloads

Publicado

2021-11-30

Como Citar

MARCHI, K. R. da C.; VALENTIM, M. L. P.; BOTEGA, L. C. A Filosofia da informação e a Sociedade da informação e do conhecimento: reflexões diante do progresso tecnológico. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, [S. l.], v. 12, n. 2, p. 32-51, 2021. DOI: 10.11606/issn.2178-2075.v12i2p32-51. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/incid/article/view/183305. Acesso em: 2 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos