A Biblioteca Nacional e o Controle Bibliográfico Nacional: situação atual e perspectivas futuras

Autores

  • Luciana Grings Fundação Biblioteca Nacional
  • Stela Pacheco Fundação Biblioteca Nacional

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2178-2075.v1i2p77-88

Palavras-chave:

Controle bibliográfico, Fundação Biblioteca Nacional, depósito legal, bibliografia nacional, intercâmbio de informações bibliográficas.

Resumo

Desde que iniciou como programa da Unesco na década de 70, o Controle Bibliográfico Universal tem-se valido principalmente de três instrumentos: o depósito legal, as bibliografias e os formatos de intercâmbio de dados bibliográficos. No Brasil, a operação destes três instrumentos é de competência da Fundação Biblioteca Nacional, que encontra algumas dificuldades para dar conta das tarefas. Tais dificuldades, em sua maioria, são decorrentes de problemas estruturais e financeiros. Do mesmo modo, as dimensões do país também dificultam o atingimento do sucesso do controle bibliográfico.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Luciana Grings, Fundação Biblioteca Nacional
    Coordenadoria de Serviços Bibliográficos, Fundação Biblioteca Nacional
  • Stela Pacheco, Fundação Biblioteca Nacional
    Divisão de Serviços Técnicos, Fundação Biblioteca Nacional

Downloads

Publicado

2010-11-29

Edição

Seção

Artigos

Como Citar

GRINGS, Luciana; PACHECO, Stela. A Biblioteca Nacional e o Controle Bibliográfico Nacional: situação atual e perspectivas futuras. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, Ribeirão Preto, Brasil, v. 1, n. 2, p. 77–88, 2010. DOI: 10.11606/issn.2178-2075.v1i2p77-88. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/incid/article/view/42321.. Acesso em: 12 jun. 2024.