I media e la promozione del plurilinguismo in Europa: un percorso transdisciplinare

  • Giulia Pelillo Docente de estudos culturais no Instituto de Filologia Românica da Universidade de Heidelberg e junior fellow no Heidelberg Centre of Transcultural Studies.
Palavras-chave: plurilinguismo, mídia, política linguística, estudos transculturais

Resumo

O artigo focaliza o tema da promoção e da tutela da diversidade cultural, comparando a política linguística europeia com atitudes e práticas discursivas difundidas na esfera pública nacional. Enquanto a União Europeia coloca a diversidade - linguística e cultural, em sentido amplo - como fundamento da identidade, das práticas discursivas que caracterizam o debate público emerge novamente a herança de uma ideologia monolíngue de tradição nacional. Ao mesmo tempo, no quadro das políticas linguísticas, o papel da mídia parece ser subestimado. Seguindo um percurso transdisciplinar, que compara a abordagem sociológica, sociolinguística e sócio-antropológica, com a filosófica e dos estudos culturais, identifica-se na pesquisa dos últimos anos uma tendência comum a conceitualizar a identidade cultural em termos de capital, mais que de patrimônio, para evidenciar seu caráter processual e dinâmico. Sobre o tema da diversidade linguística, uma abordagem transcultural apresenta-se vantajosa não apenas do ponto de vista teórico, porque permite conceitualizar a complexa articulação das culturas no contexto da globalização, mas também pelo que concerne às consequências concretas para uma atitude mais geral, também discursiva, em relação à superdiversidade (Vertovec, 2009), termo que enfatiza o caráter estratificado da identidade cultural na contemporaneidade. Frente ao potencial e aos desafios da superdiversidade, o papel da mídia em promover ou, ao contrário, obstaculizar os esforços atualmente em curso em outros setores - da educação à política, à pesquisa - para a construção de uma cultura da diversidade em estilo europeu, poderia ser decisivo

Biografia do Autor

Giulia Pelillo, Docente de estudos culturais no Instituto de Filologia Românica da Universidade de Heidelberg e junior fellow no Heidelberg Centre of Transcultural Studies.
é docente de estudos culturais no Instituto de Filologia Românica da Universidade de Heidelberg e junior fellow no Heidelberg Centre of Transcultural Studies. Após a graduação em Letras Modernas na Universidade Roma Tre, concluiu o doutorado em Linguística Românica na Universidade de Heidelberg, na qual foi leitora de Italiano de 2005 a 2009. Suas atividades de pesquisa e ensino concentram-se no estudo inter- e transdisciplinar da comunicação, com atenção especial à socio- e à pragmalinguística, à análise do discurso e os cultural studies. Nesse âmbito, publicou um livro intitulado “L’intervista radiofonica tra realtà e spettacolarizzazione” e vários artigos e ensaios sobre a comunicação “mediatizzata”, a autobiografia e a língua contemporânea. Participou de vários projetos europeus voltados à divulgação da interculturalidade através do uso dos meios de comunicação.
Publicado
2014-12-19
Como Citar
Pelillo, G. (2014). I media e la promozione del plurilinguismo in Europa: un percorso transdisciplinare. Revista De Italianística, (28), 4-19. https://doi.org/10.11606/issn.2238-8281.v0i28p4-19
Seção
Não definida