O carnaval da turba futurista

Autores

  • Ana Paula Freitas de Andrade Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2238-8281.v0i34p31-42

Palavras-chave:

Menotti Del Picchia, Filippo Tommaso Marinetti, Modernismo brasileiro, Futurismo italiano, literatura comparada, Brasil – Itália

Resumo

O artigo trata da repercussão do futurismo italiano no Brasil, a partir da análise de crônicas de Menotti Del Picchia publicadas no Correio Paulistano, entre 1920 e 1922. Nessa época o escritor participou da polêmica sobre a vanguarda italiana veiculada na imprensa paulistana, publicando uma série de crônicas que, ao promover ideias futuristas e criticar a literatura passadista, estabelecem a formulação de um futurismo compósito, adaptado à realidade brasileira; e esboçam as principais teses do movimento modernista.

Biografia do Autor

Ana Paula Freitas de Andrade, Universidade de São Paulo

Doutora em Teoria Literária pelo Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada da Universidade de São Paulo, desenvolveu projeto de pós-doutorado, com bolsa da Capes, sob a supervisão da Profa Dra Lucia Wataghin, junto ao Programa de Língua, Literatura e Cultura Italianas da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo.

Downloads

Publicado

2017-11-07

Como Citar

Andrade, A. P. F. de. (2017). O carnaval da turba futurista. Revista De Italianística, (34), 31-42. https://doi.org/10.11606/issn.2238-8281.v0i34p31-42

Edição

Seção

Artigos