[1]
D. C. de L. Picanço e M. I. C. Correia, “A língua italiana e a escola como espaços simbólicos de disputa no início do sec. XX: implicações políticas, sociais e culturais”, Rev. Ital. (Online), nº 35, p. 5-14, dez. 2017.