A história da epistemologia no cinema

o percurso cético da protagonista do filme Contato

Autores

  • Anna Carolina Velozo Nader Temporão Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RIO)

DOI:

https://doi.org/10.11606/khronos.v0i9.171805

Palavras-chave:

Teoria do conhecimento, História da epistemologia, Ceticismo, Mudança de crença, Percurso do cético

Resumo

O filme Contato, baseado no livro homônimo de Carl Sagan de 1995, expõe um interessante processo de mudança das crenças de sua protagonista ao longo da narrativa, cuja passagem do racionalismo dogmático ao ceticismo mitigado nos permite fazer uma ponte com a história da filosofia cética, sobretudo da idade moderna. O filme também nos mostra que ceticismo pode ser vivido, sendo um caminho que permite uma abertura maior para aceitação da multiplicidade de crenças e do pluralismo teórico existente no mundo.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-07-11

Como Citar

Temporão, A. C. V. N. (2020). A história da epistemologia no cinema: o percurso cético da protagonista do filme Contato. Khronos, (9), 134-145. https://doi.org/10.11606/khronos.v0i9.171805

Edição

Seção

Dossiê "Ficção científica e a história da ciência e da técnica”