Darwin no Brasil: História Natural e escravidão

Autores

  • Marcos Ferreira Josephino Instituto de Educação Clélia Nanci

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2447-2158.i13p127-156

Palavras-chave:

Charles Darwin, diários de viagem, escravidão

Resumo

Assim como dezenas de outros viajantes, Charles Darwin esteve no Brasil. Ao mesmo tempo em que ficou encantado com a fauna e a flora brasileira, Darwin ficou chocado com a maneira como os africanos escravizados eram tratados, a ponto de escrever em seu diário, quando partia do Brasil, que esperaria jamais colocar novamente os pés em um país escravista. O objetivo deste presente artigo é mostrar o lado humano deste cientista, sua opinião e relatos por ele deixado sobre um sistema cruel que esteve presente durante três séculos em nosso país.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Ferreira Josephino, Instituto de Educação Clélia Nanci

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2002). Tem experiência na área de Biologia Geral, com ênfase em magistério. Mestre em Ensino de Biologia pelo Programa de Pós-graduação em Ensino de Ciências, ambiente e sociedade na UERJ (2019). Do segundo semestre de 2018 a janeiro de 2020 atuou como Professor Supervisor do Subprojeto PIBID/CAPES/UERJ.

Referências

ABREU, Martha. Entrudo. In: VAINFAS, Ronaldo (Org). Dicionário do Brasil Imperial (1822 – 1889). Rio de Janeiro: Objetiva, 2008.

ALENCASTRO, Luiz Felipe. O trato dos viventes: formação do Brasil no Atlântico Sul. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

ANTONIL, André João. Cultura e opulência do Brasil. São Paulo: Melhoramento, 1976.

BROWNE, Janet. Charles Darwin viajando. São Paulo: Editora Unesp, 2011.

DARWIN, Charles. O Beagle na América do Sul. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1996.

DARWIN, Charles. Autobiografia (1809 – 1882). Rio de Janeiro: Contraponto, 2000.

Darwin, Charles. A origem do homem e a seleção sexual. Curitiba: Hemus, 2002.

DARWIN, Charles. O diário do Beagle. Curitiba: Editora UFPR, 2008.

DARWIN, Charles. Viagem de um naturalista ao redor do mundo: Andes, ilhas Galápagos e Austrália. Rio Grande do Sul: L e PM Editores, 2009.

DESMOND, Adrian; MOORE, James. Darwin: a vida de um evolucionista atormentado. São Paulo: Geração Editorial, 2001.

DESMOND, Adrian; MOORE, James. A causa sagrada de Darwin: raça, escravidão e a busca pelas origens da humanidade. São Paulo: Editora Record, 2009.

ENDERS, Armelle. A nova história do Brasil. Rio de Janeiro: Gryphus, 2012.

EWBANK, Thomas. Vida no Brasil. Belo Horizonte: Itatiaia, 1976.

FIABANI, Adelmir. Mato, palhoça e pilão: o quilombo, da escravidão às comunidades remanescentes (1532-2004). São Paulo: Editora Expressão Popular, 2005.

FREIREYSS, Georg W. Viagem ao interior do Brasil. Belo Horizonte: Itatiaia, 1982.

FUNARI, Pedro Paulo de Abreu. A arqueologia de Palmares: sua contribuição para o conhecimento da história da cultura afro-americana. In: REIS, João José e GOMES, Flávio dos Santos (Orgs). Liberdade por um fio: história dos quilombos no Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.

GRAHAM, Maria. Diário de uma viajem ao Brasil. Belo Horizonte: Editora Itatiaia, 1990.

HOCHSCHILD, Adam. Enterrem as correntes: profetas e rebeldes na luta pela libertação dos escravos. Rio de Janeiro: Editora Record, 2007.

KARASCH, Mary. A vida dos escravos no Rio de Janeiro (1808-1850). São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

KEYNES, Richard. Aventuras e descobertas de Darwin a bordo do Beagle. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 2004.

LARA, Silvia Hunold. Campos da violência: escravos e senhores na Capitania do Rio de Janeiro (1750-1808). Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988

LIMA, Valéria. J. -B. Debret, historiador e pintor: a Viagem Pitoresca e Histórica ao Brasil. São Paulo: Editora Unicamp, 2007.

LISBOA, Karen Macknou. A Nova Atlântida de Spix e Martius: natureza e civilização na Viagem pelo Brasil. São Paulo: Editora Hucitec, 1997.

MACHADO, Maria Helena P. Toledo. A ciência norte-americana visita a Amazônia: entre o criacionismo cristão e o poligenismo “degeneracionista”. Revista USP, São Paulo, n°75, set./nov.2007, p. 68-75.

MATTOSO, Kátia. Ser escravo no Brasil. São Paulo: Editora Brasiliense, 2003.

MEILLASSOUX, Claude. Antropologia da escravidão: o ventre de fero e dinheiro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1995.

MONTEIRO, John Manuel. Negros da terra: índios e bandeirantes nas origens de São Paulo. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

MOURA, Clóvis. Dicionário da escravidão negra no Brasil. São Paulo: Edusp, 2013.

PICCOLI, Valéria. A presença dos viajantes europeus. In: AMARAL, Sônia Guarita do (Org.). O Brasil como Império. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2009.

PINSKY, Jaime. A escravidão no Brasil. São Paulo: Editora Contexto, 2009.

RAEDERS, Georges. O inimigo cordial do Brasil: o Conde de Gobineau no Brasil. São Paulo: Paz e Terra, 1988.

REIS, João José; SILVA, Eduardo. Negociação e conflito: a resistência negra no Brasil escravista. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

RUGENDAS, Johann Motitz. Viagem pitoresca através do Brasil. Belo Horizonte: Editora Itatiaia, 1998.

SCHWARCZ, Lília Moritz. O Sol do Brasil: Nicolas-Antoine Taunay e as desventuras dos artistas franceses na corte de d. João. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.

SCHWARTZ, Stuart B. Escravidão indígena e o início da escravidão africana. In: SCHWARCZ, Lília Moritz e GOMES, Flávio (Orgs). Dicionário da escravidão e liberdade. São Paulo: Companhia das Letras, 2018.

SOARES, Luiz Carlos. O “povo de Cam” na capital do Brasil: a escravidão urbana no Rio de Janeiro do século XIX. Rio de Janeiro: Faperj – 7 Letras, 2007.

STEFOFF, Rebecca. Charles Darwin: a revolução da evolução. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

TAYLOR, James. A viagem do Beagle: a extraordinária aventura de Darwin a bordo do famoso navio de pesquisa do capitão FitzRoy. São Paulo: Edusp, 2009.

VAINFAS, Ronaldo. In: VAINFAS, Ronaldo (Org). Dicionário do Brasil Imperial (1822 – 1889). Rio de Janeiro: Objetiva, 2008.

VIOTTI, Ana Carolina de Carvalho. Pano, pau e pão: escravos no Brasil colônia. São Paulo: Editora Unifesp, 2019.

WALSH, Robert. Notícias do Brasil (1828 – 1829). Belo Horizonte: Itatiaia, 1985.

WEINER, Jonathan. O bico do tentilhão: uma história da evolução no nosso tempo. Rio de Janeiro: Rocco, 1995.

Downloads

Publicado

2022-08-30

Como Citar

Josephino, M. F. (2022). Darwin no Brasil: História Natural e escravidão. Khronos, (13), 127-156. https://doi.org/10.11606/issn.2447-2158.i13p127-156

Edição

Seção

Artigos