[1]
T. Castro, “Arralbal, arrebol: análise de ‘Arrabal’ de Jorge Luis Borge”s, Junta (São Paulo), vol. 2, nº 1, p. 48-57, abr. 2018.