Diálogo entre tradição direta e indireta: variantes da tradução latina da obra de Isaac de Nínive no <em>Tractatus Pauperis</em> de John Pecham

Autores

  • César Nardelli Cambraia Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2358-3150.v0i15p9-37

Palavras-chave:

Isaac de Nínive, Língua Latina, Crítica Textual, Edição Crítica

Resumo

A reconstrução do trajeto seguido pela obra de Isaac de Nínive na sua difusão em língua latina apresenta diversos desafios, dada a sua grande amplitude geográfica e temporal. No presente trabalho, examinam-se as citações de Isaac de Nínive no Tractatus Pauperis de John Pecham, a fim de obter melhores evidências sobre a história de sua difusão em língua latina e de refletir sobre relação entre tradição direta e indireta no processo de elaboração de edições críticas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

César Nardelli Cambraia, Universidade Federal de Minas Gerais

César Nardelli Cambraia, bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 2, possui graduação em Letras (Português-Alemão) pela Universidade Federal de Minas Gerais (1992), mestrado em Estudos Lingüísticos pela Universidade Federal de Minas Gerais (1996), doutorado em Filologia e Língua Portuguesa pela Universidade de São Paulo (2000) e pós-doutorado em Lingüística Românica pela Universitat de Barcelona (2010). Atualmente é professor associado da Universidade Federal de Minas Gerais e tem experiência na área de Lingüística, com ênfase em Lingüística Românica e Crítica Textual.

Downloads

Publicado

2011-09-25

Como Citar

Cambraia, C. N. (2011). Diálogo entre tradição direta e indireta: variantes da tradução latina da obra de Isaac de Nínive no <em>Tractatus Pauperis</em> de John Pecham. Letras Clássicas, (15), 9-37. https://doi.org/10.11606/issn.2358-3150.v0i15p9-37

Edição

Seção

Artigos