Écfrase e evidência

Autores

  • Melina Rodolpho Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2358-3150.v18i1p94-113

Palavras-chave:

écfrase, evidência, enargia, fantasia, retórica

Resumo

A écfrase é um procedimento descritivo empregado em textos retóricos e poéticos desde a Antiguidade Clássica, cuja finalidade é trazer o conteúdo descrito diante dos olhos por meio de recursos que tornem a imagem intensamente vivaz. Usualmente, é relacionada a outros procedimentos retóricos que contribuem para produzir o mesmo efeito de visualização, tal como a enargia e a evidência. Para tentar dirimir as dúvidas em relação à definição da écfrase e compreender a associação da écfrase com algumas figuras retóricas, apresenta-se aqui uma breve pesquisa com base em fontes retóricas antigas, tais como Aristóteles, os progymnásmata, Cícero e Quintiliano, e também em estudos recentes a respeito do tema. Alguns exemplos do uso da écfrase em textos antigos são analisados para verificar os recursos que possibilitam a visualização do discurso verbal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-08-02

Como Citar

Rodolpho, M. (2014). Écfrase e evidência. Letras Clássicas, 18(1), 94-113. https://doi.org/10.11606/issn.2358-3150.v18i1p94-113

Edição

Seção

Artigos