Fato, mito e razão na composição dramática da pretexta Otávia

  • Heitor Coradini Universidade de São Paulo; Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Palavras-chave: Tragédia histórica, pretexta latina, época de Nero, Octavia

Resumo

O presente estudo tem por objetivo analisar a construção da tragédia histórica praetexta Octavia de Sêneca (ou Pseudo-Sêneca) em três aspectos: Primeiramente, o fato histórico, que constitui a infra-estrutura do enredo e que, elaborado poeticamente, determina a estrutura dramática e literária. Depois, o mito que, vivenciado pelos personagens, interage como forma interpretativa de seus pensamentos e emoções e realça a tragicidade do enredo. Finalmente, a razão que, em postura avançada, critica o mito em seu componente obsoleto,  o eros em forma exclusiva de libido e o poder em sua face absoluta. Assim, fato, mito e razão se entrelaçam na obra, conferindo-lhe desempenho estrutural, funcional e ideológico.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1997-10-14
Como Citar
Coradini, H. (1997). Fato, mito e razão na composição dramática da pretexta <em>Otávia</em&gt;. Letras Clássicas, 1(1), 77-96. https://doi.org/10.11606/issn.2358-3150.v1i1p77-96
Edição
Seção
Artigos