<em>Ulisses</em>, uma tragédia de Níkos Kazantzákis

Autores

  • Ísis Belchior da Fonseca Universidade de São Paulo; Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2358-3150.v1i1p147-162

Palavras-chave:

Kazantzákis, Ulisses, tragédia, epopéia, Atena, Afrodite, Grécia

Resumo

Este artigo mostra o vivo interesse de Kazantzákis pelos poemas homéricos, destacando entre seus heróis a figura de Ulisses. Torna evidente a semelhança entre o "épos" homérico e a tragédia. Apesar do desrespeito e irreligiosidade do herói para com as divindades, manifestos no 1o. ato, verifica-se que os limites das concepções clássicas são resguardados na mudança posterior de atitude de Ulisses, quando se vê protegido por Atena.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

1997-10-14

Como Citar

Fonseca, Ísis B. da. (1997). <em>Ulisses</em>, uma tragédia de Níkos Kazantzákis. Letras Clássicas, 1(1), 147-162. https://doi.org/10.11606/issn.2358-3150.v1i1p147-162

Edição

Seção

Artigos