Medéia de Sêneca

Autores

  • Maria da Gloria Novak Universidade de São Paulo; Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2358-3150.v0i3p147-162

Palavras-chave:

amor, cólera, compaixão, vingança, tragédia

Resumo

O dramaturgo Sêneca interessa-se principalmente pela alma de suas personagens, com seus sentimentos, suas paixões, seus conflitos. Ouvindo-as falar, gritar, orar, pode-se bem prever o desenrolar da ação trágica. Em Medéia, os versos 919–53 apresentam-nos a heroína presa de sentimentos contraditórios: de um lado, a mãe, seu amor e seu coração; de outro, a esposa com sua cólera e seu espírito de maga.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1999-10-13

Como Citar

Novak, M. da G. (1999). Medéia de Sêneca. Letras Clássicas, (3), 147-162. https://doi.org/10.11606/issn.2358-3150.v0i3p147-162

Edição

Seção

Artigos