Sânscrito: caminhos poéticos em terrenos retóricos

Autores

  • Carlos Alberto da Fonseca Universidade de São Paulo; Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2358-3150.v0i4p11-31

Palavras-chave:

sânscrito, poética sânscrita, retórica na Índia

Resumo

Este artigo, ensejando uma perspectivação temporal da produção teórica indiana relativa à Poética, alinha alguns argumentos que procuram basear a compreensão de que a qualidade e o nível de aprofundamento alcançados paulatinamente por aquela produção e a quantidade de obras elaboradas ao longo do tempo podem ser vistas como sintomas de uma atitude de reafirmação da cultura tradicional e de resistência cultural e ideológica em face da chegada de muçulmanos e ocidentais na Índia a partir do séc. VII d.C.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2000-10-14

Como Citar

Fonseca, C. A. da. (2000). Sânscrito: caminhos poéticos em terrenos retóricos. Letras Clássicas, (4), 11-31. https://doi.org/10.11606/issn.2358-3150.v0i4p11-31

Edição

Seção

Artigos