Homer, from reception to composition

  • Barbara Graziosi Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Homero, crítica textual, recepção, variantes textuais, morfologia, sintaxe.

Resumo

Esse artigo pretende contribuir com duas áreas dos estudos homéricos que raramente parecem entrar em um diálogo produtivo: crítica textual e estudos de recepção. Ele acessa três abordagens diferentes do texto de Homero: as edições da Ilíada e da Odisseia de H. van Thiel, a da Ilíada de Martin West para a Teubner e a abordagem multitextual de Gregory Nagy;  ao mesmo tempo, ele leva a sério a ênfase crescente na recepção nos estudos clássicos. Ao levar em conta variantes textuais, morfologia e sintaxe, esse artigo ilustra como o estudo de recepção pode contribuir para a constituição do texto e, vice-versa, como a história do texto homérico ilumina sua recepção mais ampla.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2010-12-19
Como Citar
Graziosi, B. (2010). Homer, from reception to composition. Letras Clássicas, (14), 21-33. https://doi.org/10.11606/issn.2358-3150.v0i14p21-33
Seção
Artigos