A ambiguidade do kléos na Odisseia

Autores

  • Christian Werner Universidade de São Paulo; Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2358-3150.v0i5p99-108

Palavras-chave:

Homero, Odisseia, herói, Odisseu, kléos

Resumo

A seguinte dúvida permeia toda a Odisseia: Odisseu, após ter conquistado glória imortal em Troia, sobretudo graças ao êxito com o cavalo de pau, corre realmente o risco de ver sua fama apagada ou obnubilada entre as gerações futuras caso venha a morrer uma morte indigna, não obtendo as exéquias apropriadas? Para discutir a questão, vamos nos ater a algumas passagens, em especial, ao diálogo entre Odisseu e Aquiles no Hades e a trechos dos cantos I e XXIV.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2001-12-06

Como Citar

Werner, C. (2001). A ambiguidade do kléos na Odisseia. Letras Clássicas, (5), 99-108. https://doi.org/10.11606/issn.2358-3150.v0i5p99-108

Edição

Seção

Artigos