Inscrições latinas da província romana da Bretanha

Autores

  • Pedro Paulo Abreu Funari Universidade Estadual de Campinas; Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
  • Renato Pinto Universidade Estadual de Campinas; Instituto de Filosofia e Ciências Humanas

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2358-3150.v0i8p149-155

Palavras-chave:

Tradução, Inscrições, Roma Britânica

Resumo

A província romana da Bretanha produziu, a partir, 43 d.C. uma grande quan- tidade de inscrições, ainda pouco difundidas no vernáculo, motivo pelo qual apre- sentamos algumas delas vertidas para nossa língua. A escolha foi bastante subjetiva e não pretende, de modo algum, ser representativa. Um critério foi, de todo modo, determinante: a extensão e inteligibilidade das epígrafes. Procuramos, nas versões, atualizar o linguajar, motivo pelo qual utilizamos, via de regra, a terceira pessoa, usual no coloquial brasileiro, para transpor a segunda pessoa do original latino, assim como mesclamos terceira e segunda pessoas, como na língua falada no Brasil. Do mesmo modo, ao lado de alguns termos técnicos inevitáveis, preferimos, sempre que possível, aproximações com o uso vernacular contemporâneo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2004-11-01

Como Citar

Funari, P. P. A., & Pinto, R. (2004). Inscrições latinas da província romana da Bretanha. Letras Clássicas, (8), 149-155. https://doi.org/10.11606/issn.2358-3150.v0i8p149-155

Edição

Seção

Traduções