[1]
Almeida, L.T. de 2016. “Matar um homem não é defender uma doutrina, é matar um homem”: notas sobre a estratégia argumentativa de Sébastien Castellion no caso Miguel Servet. Letras Clássicas. 17, 1 (ago. 2016), 97-108. DOI:https://doi.org/10.11606/issn.2358-3150.v17i1p97-108.