[1]
L. M. Frenkel, “Narrativas de unanimidade e diálogo em protocolos sinodais e hagiografias tardo-antigas”, Let. Cláss., vol. 17, nº 1, p. 84-96, jun. 2013.