[1]
T. R. Assunção, “Luto e banquete no canto IV da Odisseia (97–226)”, Let. Cláss., nº 14, p. 34-50, dez. 2010.