Análise de votações nominais do legislativo brasileiro utilizando componentes principais

  • Leonardo Leite Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro)
  • Saulo Trento ISA CTEEP e PoliGNU
Palavras-chave: Mapa espacial de votações legislativas, análise quantitativa de votações, poder legislativo brasileiro, análise de componentes principais

Resumo

Este artigo traz uma revisão de métodos de análise quantitativa de votações nominais em casas legislativas e discute a utilização da análise de componentes principais (ACP) como um método simples e eficaz para analisar votações nominais de casas legislativas. Apresentamos também nossa abordagem para o tratamento de abstenções e para análises agregadas por partido, temas pouco explorados na literatura devido a pouca relevância no contexto de casas legislativas dos Estados Unidos. A avaliação do modelo é apresentada com medidas comparadas ao WNOMINATE, um dos métodos mais conhecidos de análise de votações nominais das ciências políticas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leonardo Leite, Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro)

Engenheiro de computação e mestre em Ciência da Computação, ambos pela Universidade de São Paulo (USP). É desenvolvedor de software no Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro). É também um dos desenvolvedores do Radar Parlamentar.

Saulo Trento, ISA CTEEP e PoliGNU

Graduado em Engenharia Elétrica pela Universidade de São Paulo e mestre em Energias do Século XXI pela École Polytechnique da França. MBA Setor Elétrico pela Fundação Getúlio Vargas. É engenheiro de proteção na ISA CTEEP, e voluntário da PoliGNU, onde atua no projeto Radar Parlamentar.

Publicado
2018-02-14
Como Citar
Leite, L., & Trento, S. (2018). Análise de votações nominais do legislativo brasileiro utilizando componentes principais. Leviathan (São Paulo), (12), 120-163. https://doi.org/10.11606/issn.2237-4485.lev.2016.143408
Seção
Metodologia Política e Teoria Formal