A literatura feminina no Brasil contemporâneo

  • Nelly Novaes Coelho

Resumo

Reflexões acerca da força inventiva e das peculiaridades formais e/ou temáticas da criação literária, produzida pela mulher brasileira, desde os anos 60/70 até o momento (1989); e analisada em relação á crise sócio-cultural ainda em curso em nosso século. Entre as conclusões provisórias a que se pode chegar, pela análise da produção de vinte escritoras (selecionadas em função não só do valor intrínseco de suas obras, mas também como representativas das várias tendências da ficção contemporânea), registramos: a consciência de que â linguagem poética ou ficcional compete dar realidade definitiva às novas vivências; a presença de problemáticas específicas do "eterno feminino" em transformação; a inexistência de uma sintaxe linguística especificamente "feminina" (tal como alguns estudiosos tentam provar); a evidência de que o valor literário de uma obra não depende do sexo do autor ou autora,, mas do talento de cada um; e finalmente a importância basilar que essa literatura adquire para um possível conhecimento ou conscientização das transformações estruturais que atingem hoje a Sociedade e a Cultura herdadas
Publicado
1991-12-05
Seção
Artigos