Argumentação e falácias em entrevistas televisivas: por um diálogo entre o modelo Toulmin e a perspectiva textual-interativa

Autores

  • Paulo Roberto Gonçalves Segundo Universidade de São Paulo, São Paulo, SP

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2236-4242.v29i2p69-96

Palavras-chave:

Argumentação, Falácias, Toulmin, Entrevista, Perspectiva Textual-Interativa.

Resumo

Neste artigo, propomos uma articulação entre o modelo Toulmin de argumentação e a perspectiva textual-interativa para a análise de uma entrevista de televisão polêmica concedida pelo então candidato a prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), a César Tralli, no programa SPTV, da Rede Globo de Comunicações, em período de campanha eleitoral. A proposta justifica-se na medida em que o modelo Toulmin permite uma formalização esquemática da estrutura argumentativa que viabiliza uma análise crítica do processo, ao passo que a perspectiva textual-interativa possibilita compreender a dinâmica de produção e interpretação locais de sentido no texto conversacional, fornecendo ferramentas explanatórias para a construção do esquema argumentativo, o que envolve a variabilidade na explicitação dos componentes do modelo e na configuração de suas relações recíprocas. Pudemos depreender as tendências de: (1) o entrevistador construir a Alegação sob forma de pergunta, de forma a incitar que a resposta consista em uma Refutação, processo permeado por uma dinâmica de preservação da própria face, da face do entrevistador e do Partido dos Trabalhadores (PT), na qual o entrevistado busca caracterizar o raciocínio do âncora como falacioso; (2) implicitação de Garantias e, especialmente, Apoios; e (3) construção de cadeias complexas de esquemas argumentativos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Roberto Gonçalves Segundo, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP

Professor Adjunto do Programa de Pós-Graduação em Filologia e Língua Portuguesa da Universidade de São Paulo (USP).

Downloads

Publicado

2016-12-12

Como Citar

Segundo, P. R. G. (2016). Argumentação e falácias em entrevistas televisivas: por um diálogo entre o modelo Toulmin e a perspectiva textual-interativa. Linha D’Água, 29(2), 69-96. https://doi.org/10.11606/issn.2236-4242.v29i2p69-96

Edição

Seção

Artigos originais