A interação argumentativa no discurso literário: da literatura das ideias ao relato de ficção

Autores

  • Ruth Amossy Tel Aviv University - TAU

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2236-4242.v29i2p5-41

Palavras-chave:

Discurso, Argumentação, Texto literário, Interação argumentiva.

Resumo

A dimensão argumentativa do texto literário se expressa na capacidade de orientar a visão de seus leitores. A teoria de Perelman inscreve a interação argumentativa no discurso do orador e os trabalhos contemporâneos em Linguística Pragmática e em Narratologia permitem a localização precisa das instâncias interdiscursivas tal como elas se inscrevem no texto, assim como as modalidades de ancoragem social do diapositivo enunciativo, fundando uma aproximação ao texto literário em uma perspectiva dialógica. A argumentação na ficção literária será então analisada a partir das relações que o autor, narrador e personagens mantêm com o narratário, tornando assim aparente a pluridimensionalidade da argumentação no texto literário. Finalmente, a análise argumentativa do discurso de um comício tal como foi colocado em cena pelo escritor Roger Martin du Gard em Os Thibault permite mostrar como o discurso do narrador conduz a uma problematização da argumentação de primeiro nível, bem como esta se desenvolve na relação orador-auditório.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ruth Amossy, Tel Aviv University - TAU

Profa. Emérita da Universidade de Tel Aviv

Downloads

Publicado

2016-12-12

Como Citar

Amossy, R. (2016). A interação argumentativa no discurso literário: da literatura das ideias ao relato de ficção. Linha D’Água, 29(2), 5-41. https://doi.org/10.11606/issn.2236-4242.v29i2p5-41

Edição

Seção

Artigos originais