Melos: uma prova retórica nas canções em perspectiva semiótica

Autores

  • Adriano Dantas de Oliveira Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, Santo Amaro, BA

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2236-4242.v29i2p221-245

Palavras-chave:

Melos, Ethos, Logos, Pathos, Canção.

Resumo

Teremos, neste trabalho, a exposição de uma abordagem ao texto cancional como uma situação retórica específica. Evidenciaremos a melos, assimilada como todos os aspectos musicais da canção, como uma prova retórica que se articula à tradicional trilogia: ethos, logos e pathos. Dessa forma, abordaremos, discursivamente, a maneira como os elementos musicais de uma canção podem funcionar como recursos persuasivos. Utilizaremos um arcabouço teórico interdisciplinar, articulando a retórica clássica à semiótica aplicada à canção. Como corpus, teremos a análise de uma amostragem de canções buarquianas de temática sócio-política composta e gravada durante o período da ditadura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-12-12

Como Citar

Oliveira, A. D. de. (2016). Melos: uma prova retórica nas canções em perspectiva semiótica. Linha D’Água, 29(2), 221-245. https://doi.org/10.11606/issn.2236-4242.v29i2p221-245

Edição

Seção

Artigos originais