Para além dos contos de fadas: representações de gênero no ensino de leitura e de escrita para estudantes de 3º ano do ensino fundamental

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2236-4242.v35i1p39-58

Palavras-chave:

Formação de leitores, Narrativas infantis, Recontextualização, Educação linguística, Estereótipos de gênero

Resumo

Este artigo objetiva analisar representações de gênero de crianças do 3º ano do Ensino Fundamental, a partir de atividades envolvendo contos de fadas e suas reinvenções. O estudo desenvolveu-se como uma intervenção pedagógica, realizada com a participação dos discentes de uma escola estadual de Santa Catarina. Para o desenvolvimento das atividades, foram mobilizadas concepções bakhtinianas de leitura e escrita enquanto processos, conceitos da formação do imaginário da criança pelos contos de fadas e a importância do desenvolvimento da conscientização crítica. As coleções Antiprincesas e Anti-heróis foram utilizadas para apresentar às crianças outras configurações de representação de príncipe e princesa. Nas produções discentes de textos e de desenhos, foi possível observar que, ao mesmo tempo que os estudantes introduziram representações que se aproximam dos estereótipos de gênero presentes em muitos contos de fadas, também evidenciaram elementos de recontextualização e ressignificação, a partir do trabalho com as coleções Antiprincesas e Anti-heróis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sabrine Weber, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutoranda em Linguística, pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC); Mestra em Letras, pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM, 2018); Licenciada em Letras Português e Literaturas de Língua Portuguesa pela Universidade Federal de Santa Maria (2015). Dedica-se a estudos na área da Linguística Aplicada pela perspectiva da Análise Crítica do Discurso e Análise Crítica do Gênero, sobre temas como: análise de práticas discursivas em contextos específicos, análise do discurso em portais de notícia; teoria e análise crítica de gêneros discursivos, metodologias de leitura, escrita e reescrita de textos.

Leonardo da Silva, Instituto Federal de Santa Catarina

Professor do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), Câmpus São José. Membro da "International Association of Task-Based Language Teaching", da "TESOL International Association", da "Associação Brasileira de Professores de Língua Inglesa da Rede Federal de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico" (ABRALITEC), do "Grupo de Pesquisa AQUILES: Aquisição de Inglês como Língua Estrangeira: Questões teóricas, pedagógicas e de metodologia de pesquisa" e do "Núcleo de Pesquisa e Ensino de Português - Língua Estrangeira" (NUPLE - UFSC). Tem experiência no ensino de língua inglesa e de português como língua estrangeira, e seus interesses incluem: a abordagem baseada em tarefas, a Pedagogia Crítica no ensino de línguas, e questões de identidade (raça, classe, gênero, sexualidade, deficiência, geração) nos campos da Literatura e da Linguística Aplicada.

Quézia Delgado Caleffi Lemos , Instituto Federal de Santa Catarina

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade do Oeste de Santa Catarina(1998). Atualmente é Professora do Centro de Ensino Evolução Ltda. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Ensino-Aprendizagem.

Referências

BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. 3ed. Trad. Maria Ermantina Pereira. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

BETTELHEIM, B. Na terra das fadas. Análise das personagens femininas. 2. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2008.

BRASIL, Ministério da Educação e do Desporto. Parâmetros Curriculares Nacionais: Língua Portuguesa. Brasília, 1997. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/portugues.pdf Acesso em: 23 jun. 2020.

BRASIL, Ministério da Educação e do Desporto. Parâmetros Curriculares Nacionais: terceiro e quarto ciclo do ensino fundamental - Língua Portuguesa. Brasília, 1998. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/portugues.pdf. Acesso em: 23 jun. 2020.

BUTLER, J. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. 20 ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2020.

CALDWELL, K. L. Fronteiras da Diferença: raça e mulher no Brasil. Estudos Feministas, ano 8, p. 91-108, 2000. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/ref/article/view/11922. Acesso em: 23 jun. 2020.

CANTON, K. Os contos de fadas e a arte. São Paulo: Prumo, 2009.

DAVIS, A. A liberdade é uma luta constante. 1 ed. São Paulo: Boitempo, 2018.

DIATKINE, R. Histórias sem fim. Entrevista. Veja, Rio de Janeiro, 17 mar. 1993, p. 7-9.

FINK, N. Frida Kahlo: para meninas e meninos. Coleção Antiprincesas 1. Florianópolis: Sur, 2016a.

FINK, N. Clarice Lispector: para meninas e meninos. Coleção Antiprincesas - 3. Florianópolis: Sur, 2016b.

FINK, N. Violeta Parra: para meninas e meninos. Coleção Antiprincesas 1. Florianópolis: Sur, 2016c.

FINK, N. Eduardo Galeano: para meninas e meninos. Coleção Anti-heróis. Florianópolis: Sur, 2016d.

FINK, N. Che Guevara: para meninas e meninos. Coleção Anti-heróis - 2. Florianópolis: Sur, 2016e.

FINK, N. Antiespelho: guia para ser uma antiprincesa. Florianópolis: Sur, 2019.

FREIRE, P. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam. 39. ed. São Paulo: Cortez, 2000.

HOOKS, B. O feminismo é para todo mundo: políticas arrebatadoras. Trad. Bhuvi Libanio. 9 ed. Rio de Janeiro: Rosa dos tempos, 2019.

JOSÉ, E. A; COELHO, M. T. Problemas de Aprendizagem. 10 ed. São Paulo: Ática, 1999.

KLEIMAN, A. Texto e leitor: aspectos cognitivos da leitura. 9 ed. Campinas: Pontes, 2004.

MENDEL, L. O poder da escrita. Trad. Constância Egrejas. São Paulo: Rosari, 2011.

OTEÍZA, T. El discurso pedagógico. Santiago: Frasis, 2006.

PROUT, A. Reconsiderando a nova sociologia da infância. Cadernos de Pesquisa, v. 40, n. 141, p. 729-750, set./dez. de 2010. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/cp/v40n141/v40n141a04.pdf Acesso em: 14 nov. 2019.

SOARES, D. A. Produção textual e revisão textual: um guia para professores de Português e de Línguas Estrangeiras. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2009.

VYGOTSKY, L. S. A. Pensamento e linguagem. Trad. Jefferson Luiz Camargo. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

Downloads

Publicado

2022-03-21

Como Citar

Weber, S., Silva, L. da, & Lemos , Q. D. C. . (2022). Para além dos contos de fadas: representações de gênero no ensino de leitura e de escrita para estudantes de 3º ano do ensino fundamental. Linha D’Água, 35(1), 39-58. https://doi.org/10.11606/issn.2236-4242.v35i1p39-58