Relações entre identidade, linguagem e cultura: o léxico da culinária em A casa das sete mulheres

Autores

  • Giselle Olivia Mantovani Dal Corno Universidade de Caxias do Sul
  • Michele Marques Baptista

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2236-4242.v27i2p67-81

Palavras-chave:

cultura, identidade regional, culinária regional gaúcha, lexicologia, léxico culinário gaúcho.

Resumo

Em um universo cultural, há regras de convivência social permeando todo o cotidiano. Uma das funções da cultura é permitir a adaptação do indivíduo à sociedade, já que é pela herança cultural que a comunicação se instaura. Não apenas pela linguagem, mas também por seu comportamento, os indivíduos assumem determinada identidade, construída a partir da cultura. Esta, por sua vez, expressa-se por referenciais linguísticos. Dessa perspectiva, o presente artigo tem como objetivo proceder a uma análise das relações existentes entre identidade, linguagem e cultura pelo estudo do léxico relativo à culinária no romance A casa das sete mulheres, de Leticia Wierzchowski, a partir do qual se busca observar como a construção da identidade regional gaúcha é retratada na obra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-12-16

Como Citar

Dal Corno, G. O. M., & Baptista, M. M. (2014). Relações entre identidade, linguagem e cultura: o léxico da culinária em A casa das sete mulheres. Linha D’Água, 27(2), 67-81. https://doi.org/10.11606/issn.2236-4242.v27i2p67-81

Edição

Seção

Artigos originais