Murilo Rubião: um século de fantástica contemporaneidade na insaciabilidade de “Bárbara”

Autores

  • Edison de Abreu Rodrigues Universidade de São Paulo (USP).

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9826.literartes.2016.115728

Palavras-chave:

Fantástico, contemporâneo, Murilo Rubião, Bárbara, diálogo.

Resumo

Este artigo tem por objetivo ressaltar aspectos da contemporaneidade na obra de Murilo Rubião por meio de uma breve análise do conto “Bárbara”. Tal conto, além de representar muito bem a obra do autor, carrega em si o diálogo harmônico entre o fantástico e o contemporâneo.

Biografia do Autor

Edison de Abreu Rodrigues, Universidade de São Paulo (USP).

Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa do Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da Universidade de São Paulo (USP); Mestre pelo Programa de Literatura e Crítica Literária da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).

Referências

AGAMBEN, Giorgio. O que é o contemporâneo? E outros ensaios. Trad. Vinícius Nicastro Honesko. Chapecó: Argos, 2009.

ARRIGUCCI JR., Davi. “Minas, assombros e anedotas (os contos fantásticos de Murilo Rubião)”. In: ARRIGUCCI JR., Davi. Enigma e comentário. Ensaios sobre literatura e experiência. São Paulo: Companhia das Letras, 1987, p. 147.

CALVINO, Ítalo. Seis propostas para o próximo milênio. 1ª ed. Trad. Ivo Barroso. São Paulo: Companhia das Letras, 1990.

CALVINO, Ítalo. Por que ler os clássicos. Trad. Nilson Moulin. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

CANDIDO, Antonio. Literatura e Sociedade: estudos de teoria e história literária. 7ª ed. São Paulo: Editora Nacional, 1985.

CHEVALIER, Jean; GHEERBRANT, Alain; SUSSEKIND (ed.) et al. Dicionário de Símbolos: mitos, sonhos, costumes, gestos, formas, figuras, cores, números. Trad. Vera da Costa e Silva et al. 21ª ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 2007.

IANNACE, Ricardo. “As excentricidades de Bárbara: Murilo Rubião e o feminino”. In: Suplemento G. Edição nº 1339, Belo Horizonte: Secretaria de Estado da Cultura de Minas Gerais, 2011.

KRYSINSKI, Wladimir. Dialéticas da transgressão: o novo e o moderno na literatura do século XX. Trad. Ignacio Antonio Neis, Michel Peterson e Ricardo Iuri Canko. São Paulo: Perspectiva, 2007.

PAZ, Octavio. O Arco e a Lira. Trad. Ari Roitman e Paulina Wacht. São Paulo: Cosac Naify, 2012.

RUBIÃO, Murilo. O pirotécnico Zacarias e outros contos. Org. Humberto Werneck. Posfácio Jorge Schwartz. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.

TODOROV, Tzvetan. Introdução à Literatura Fantástica. Trad. Maria Clara Correa Castell. São Paulo: Perspectiva, 2007.

TODOROV, Tzvetan. A Literatura em perigo. Trad. Caio Meira. 3ª ed. Rio de Janeiro: DIFEL, 2010.

TODOROV, Tzvetan. A Beleza salvará o mundo: Wilde, Rilke e Tsvetaeva, os aventureiros do absoluto. Trad. Caio Meira. Rio de Janeiro: DIFEL, 2011.

Downloads

Publicado

2016-12-27

Como Citar

RODRIGUES, E. de A. Murilo Rubião: um século de fantástica contemporaneidade na insaciabilidade de “Bárbara”. Literartes, [S. l.], n. 6, p. 127-141, 2016. DOI: 10.11606/issn.2316-9826.literartes.2016.115728. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/literartes/article/view/115728. Acesso em: 31 jul. 2021.